Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
23
28
29
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
27
Out
11

Aqui está uma comidinha que fica muito saborosa e é muito fácil de confeccionar.

Não costumo fazer, frequentemente, empadão e muito menos de arroz.

Porém, tinha carne picada que não sabia o que lhe fazer, empadão de batatas estava fora de questão pois não tinha batatas suficientes para o puré. Portanto, só restava o empadão de arroz.

Fui fazendo e pondo uns ingredientes que não é costume e…. bingo!!!

Ficou fantástico.

Experimentem

 

O que preparar: ( para 6 doses)

Para a carne:

  1. 400g de carne picada;
  2. 1 cebola;
  3. 5 colheres de sopa de óleo;
  4. 1 dente de alho;
  5. 1 folha de louro;
  6. ½ lata de tomate pelado;
  7. 2 colheres de polpa de tomate;
  8. ¼ de colher de chá de canela;
  9. ¼ de colher de chá de cominhos;
  10. ½ chouriço de carne cortado em rodelas finas.

 

Para o arroz:

 

  1. 2 chávenas de água;
  2. 2,5 chávenas de arroz agulha;
  3. 1 dente de alho picado;
  4. 3 colheres de sopa de azeite.

 

Para o empadão:

 

  1. 1 pacote de natas;
  2. Queijo ralado a gosto ( de preferência o parmesão).
  3. Pão ralado a gosto.

 

Como preparar:

 

Picar muito bem a cebola e levá-la a alourar com o dente de alho e a folha de louro, no óleo.

Juntar o tomate e a polpa de tomate. Deixar suar 2 “ com o tacho tapado.

Juntar a carne e mexê-la ( a melhor forma é com um garfo de madeira). Juntar o chouriço.

Juntar o tomate, a polpa de tomate, a canela e os cominhos.

Deixar cozinhar cerca de 20”.

Entretanto, para preparar o arroz, deitar o azeite num tacho, juntar o dente de alho e deixar fritar com cuidado para o alho não queimar pois fica com um sabor desagradável.

Juntar o arroz e deixar fritar um pouco. Por fim juntar a água, deixar levantar fervura e mexer. Baixar o lume e deixar cozer o arroz cerca de 10”.

 

Quando estes processos anteriores estiverem finalizados, deitar num pirex metade do arroz, deitar por cima a carne com o molho que se formou e, finalmente cobrir com a outra metade do arroz.

 

Por cima do preparado, deitar o queijo ralado e, por cima deste, polvilhar com pão ralado.

Espalhar por cima as natas e por fim, voltar a polvilhar de pão ralado.

 

Vai ao forno com o grill ligado. Se não tiver esta função, por uma temperatura alta no forno.

Forma-se uma crosta deliciosa que, juntamente com o sabor do arroz com a carne é uma combinação perfeita.

 

Mãos à obra.

publicado por Maria às 15:57
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
23
28
29
31
últ. comentários
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
De facto cavala e sarda não são o mesmo peixe, as ...
Top blogs de receitas
blogs SAPO