Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
24
25
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
23
Dez
11

 

 

 

Hoje não trago uma receita já preparada. Trago sim uma receita que irei preparar para o meu dia de Natal. Coloco-a com alguma antecedência pois, se alguém ainda não tem ideia de como preparar o peru de Natal, aqui vai uma sugestão que  retirei de publicação da receita do Jamie Oliver na revista do Expresso da semana passada,

Se alguém se atrever a experimentar, diga-me como resultou. Eu farei isso na próxima Segunda feira.

Desejo aqui um bom Natal a todos os que me seguem, cheio de ternura, animação e muitos docinhos bons.

 

O que preparar:

 

  1. Um ramo de sálvia fresca;
  2. 1 colher de chá de especiarias mistas moídas;
  3. Sal e pimenta a gosto;
  4. 125g de manteiga à temperatura ambiente;
  5. 1 perú ( o meu tem cerca de 6 Kg);
  6. 2 clementinas;
  7. Azeite;
  8. 100ml de xarope de ácer;
  9. 6 fatias de bacon fumado de boa qualidade.

 

Como preparar:

 

Picar finamente metade das folhas de sálvia e combinar com a mistura de especiarias, sal, pimenta e a manteiga amolecida. Reservar.

Lavar o peru em água corrente fria, secá-lo com papel absorvente. Esticar a pele um pouco acima da cavidade do peito. Com cuidado meter os dedos e depois uma espátula de borracha sob a pele, para a soltar da carne sem a rasgar.

Distribuir a maior parte das pasta reservada na bolsa que se criou entre a pele e a carne esfregando, em seguida o resto da manteiga por todo o exterior da ave.

Colocar as clementinas partidas ao meio dentro da cavidade juntamente com as restantes folhas de sálvia.. Cobrir o peru com uma folha de alumínio e levar ao frigorífico, de preferência de uma dia para outro.

Quando chegar a altura de cozinhar, pré aquecer o forno no máximo e retirar o peru do frio para atingir a temperatura ambiente.

Retirar a folha de alumínio e regar o peru com azeite. Colocar outra folha de alumínio e levar ao forno.Baixar a temperatura para 180ºC.

Contar cerca de 30’ por cada Kg de peso da ave. Ao fim de 2 horas, retirar a folha de alumínio e pincelar a ave com o xarope de ácer. Distribuir as fatias de bacon sobre o peito do peru e deixar assar mais ou menos por mais uma hora, regando com o próprio molho, regularmente.

Para certificação de que o peru está bem assado, picar um espeto de metal na parte mais grossa da coxa. Se sair um molho claro, está pronto.

 

Mãos à obra e um doce e feliz Natal.

 

 

tags: ,
publicado por Maria às 17:22

 

  

Se eu agora fosse pequenina e me perguntassem o que queria ser quando fosse grande, eu diria prontamente: ABADESSA. E sabem porquê? Para estar fechadinha num convento a fazer e a comer, sem quaisquer remorsos, todos os doces conventuais que conseguisse. E para saber todos os segredos desses doces. Queriam vir comigo? Aposto que sim :)!

Esta limonada,conventual, apesar de ser muito calórica é tão, mas tão saborosa que é uma pena contribuir para o aumento dos dígitos na balança. Mas enfim, estamos no Natal e se não é agora que nos permitimos a excessos, quando será?

Além disso, é uma boa alternativa a um copo de vinho, que também é calórico (pensamento de consolação).

 

O que preparar:

 

  1. 1,4Kg de açúcar;
  2. 8 dl de água
  3. 2,5 dl de sumo de limão.

 

Como preparar:

 

Espremer os limões até atingir a quantidade desejada. Reservar.

Levar o açúcar com a água ao lume e deixar ferver até formar o ponto de fio a voar; este ponto antecede imediatamente o ponto de caramelo e verificamos que foi atingido quando, ao mergulhar uma escumadeira da calda, escorrem dos buraquinhos da escumadeira, fios que parecem esvoaçar.

Quando atingir o ponto indicado, desligar o lume e juntar o sumo de limão, mexendo sempre até se verificar que a calda está homogeneamente misturada.Deixar arrefecer um pouco e juntar mais 1/2 l de água fria.

Verter para um jarro e servir fresca.

 

Mãos à obra.

 

 

publicado por Maria às 16:16
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
24
25
últ. comentários
Minha avó, que cresceu em Mogadouro, muitas vezes ...
pois ! No meu tempo (43/51, chumbei um ano), bat...
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
Top blogs de receitas
blogs SAPO