Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
17
Fev
12

 

 

O tempero aplicado no frango desta receita é conhecido cá em casa como o infalível. Foi-me dada a receita pela minha sogra e, segundo sei, foi sempre a sua receita de maior sucesso, apesar de cozinhar muito bem.

 

Sucesso também teve o meu filho mais velho quando, para festejar um dos seus aniversários me pediu uma sugestão para cozinhar a refeição de comemoração e partilhá-la com alguns amigos. Através do skype lá lhe dei indicações que ele foi seguindo ( na altura não tinha o blog). Acontece porém que decidiu convidar 20 amigos para jantar, e o forno do apartamento não comportava tantos frangos, evidentemente. Pediu emprestados os fornos dos outros apartamentos do prédio que lhe foram concedidos, claro, pois todos eram estudantes e nessa fase, são sempre solidários. Conseguiu temperar e assar 12 frangos subindo edescendos escadas, entrando e saindo de apartamentos, para os vigiar e regar com o molho.  

 

Ainda hoje, passados 4 anos, os amigos ainda falam nisso, pois ficaram espantados com a solução que ele encontrou para assar tantas aves e muito agradados com os resultados.

 

Venho aqui relembrar a ele e aos irmãos a receita infalível, como eles lhe chamam.

 

O que preparar:

 

  1. 1 frango médio;
  2. 1 colher de sopa de banha;
  3. 1 colher de sopa de manteiga;
  4. 4 ou 5 dentes de alho;
  5. 1 colher de sopa de colorau ou pimentão doce em pó;
  6. 1 dl de vinho branco;
  7. Sal e pimenta a gosto.

 

 

 

Como preparar:

 

Limpar bem o frango e certificar que está à temperatura ambiente. Esmagar os dentes de alho e misturá-los com um punhado de sal grosso, ficando com aspecto de papa. Barrar o frango por dentro e por fora com esta pasta e reservar pelo menos 1 hora. Com a manteiga e banha à temperatura ambiente, misturar e fazer outra papa. Juntar o pimentão doce e misturar bem. Barrar o frango com esta pasta. Regá-lo com o vinho e levar ao forno médio ( 180ºC) durante cerca de 45’. Ir regando o frango com o molho que se forma e virá-lo a meio da cozedura para o alourar por igual.

 

Mãos à obra.

 

tags:
publicado por Maria às 08:00
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
últ. comentários
Minha avó, que cresceu em Mogadouro, muitas vezes ...
pois ! No meu tempo (43/51, chumbei um ano), bat...
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
Top blogs de receitas
blogs SAPO