Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
22
Fev
12

O arroz de polvo é um prato muito apreciado cá em casa e por isso sei que os meus filhos me irão agradecer este post. Não estou certa de encontrarem,  facilmente, o polvo fresco mas sei que o vêm congelado nas arcas dos supermercados. Por isso, aqui vai:

 

 

 

O que preparar:

 

  1. 1 polvo com cerca de 1Kg;
  2. 2 cebolas;
  3. 2 folhas de loureiro;
  4. 5 grãos de pimenta preta;
  5. 2 dentes de alho;
  6. 0,5 dl de vinho tinto;
  7. 0,5 dl de azeite;
  8. 2 colheres de sopa de polpa de tomate;
  9. 100g de chouriço de carne;
  10. 2 chávenas de arroz carolino;
  11. 5 a 6 chávenas de caldo onde cozeu o polvo;
  12. Coentros, sal e pimenta a gosto.

 

Como preparar:

 

Se o polvo for comprado fresco, lavá-lo bem e congelá-lo. Apesar de ser uma contradição, os cristais de gelo que se formam no polvo congelado, ajudam-no a cozer mais facilmente e torna-o mais tenro, por razões cuja explicação não cabe neste contexto.

 

Levar ao lume 2 l de água com o vinho tinto, uma folha de loureiro, uma cebola e os grãos de pimenta preta. Quando levantar fervura, mergulhar o polvo congelado e deixá-lo cozer na panela destapada durante 40’ ou um pouco mais se o polvo não estiver cozido. É necessário referir que se o polvo cozer demais, fica rijo pelo que se deverá tomar atenção ao tempo de cozedura. Quando o polvo estiver cozido, retirá-lo do caldo, reservando este. Partir o polvo em bocadinhos pequenos. Cortar o chouriço em rodelas

 

Num tacho, deitar a cebola picada, o alho e a folha de loureiro bem como o azeite, levar ao lume a refogar. Deitar a polpa de tomate e deixar suar um pouco. Deitar de seguida o polvo partido bem como o chouriço em rodelas. Mexer bem, acrescentar ½ chávena do caldo onde cozeu o polvo e deixar tomar gosto, baixando o lume e tapando o tacho, durante cerca de 10’. Passado esse tempo, deitar o caldo e se for necessário completar a quantidade necessária com água e espevitar o lume. Quando começar a ferver, deitar o arroz, mexer, e deixar ferver durante 3’. Deitar os coentros picados, mexer e baixar o lume tapando o tacho. Deixar cozer o arroz durante 10’ exactos. Servir de imediato salpicado com um pouco mais de coentros picados.

 

Há quem prefira um arroz mais enxuto. Para isso, basta usar exactamente o dobro da medida de água em relação à medida de arroz.

Mãos à obra.

 

tags: ,
publicado por Maria às 08:00
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
últ. comentários
Minha avó, que cresceu em Mogadouro, muitas vezes ...
pois ! No meu tempo (43/51, chumbei um ano), bat...
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
Top blogs de receitas
blogs SAPO