Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
02
Mar
12

Não, não é o que pensam! Esta lasagna não foi retirada do congelador nem foi comprada na secção de comidas pré confeccionadas e refrigeradas.

 

 

 

Esta lasagna foi feita seguindo na íntegra uma receita que me foi amorosamente cedida por uma amiguinha do meu fifi mais velho . Vivem actualmente na mesma cidade onde está muito, muito frio.

 

Segundo o que ela me contou  num e-mail surpresa que me deixou completamente fascinada, fez esta lasagna aquando de um jantar convívio que teve lugar em casa do meu fifi. Ele elogiou bastante e ela decidiu que havia de partilhar comigo a fórmula mágica.

 

Não alterei nem uma letra, nem um ingrediente. Revelo-vos que o resultado é realmente, fantástico. O meu fifi tem bom gosto!

 

Fiz copy paste de parte do e-mail que ela me enviou, onde consta a receita e uma breve nota introdutória que achei amorosa e que julgo que ela não se importará que eu partilhe aqui.

 

E agora, eu saio de cena para dar lugar à cozinheira do dia, a quem estou muito grata por ter proporcionado um bom momento gastronómico ao meu fifi ,de quem tenho tantas saudades.

 

Olá Maria!! :)

Deixo aqui a receita que me foi ensinada pela minha avó, uma mulher
beirã, com umas mãos enrugadas dos anos e do trabalho e onde, no seu
regaço, havia sempre lugar para um aconchego. Para mim, é um prato de
fim de semana- pois, eu como estudei num colégio interno, apenas ia
de fim de semana a casa. Essa casa, onde me enchiam sempre de mimos e
que recordo saudosamente sempre que visito o único sobrevivente: o meu
avô.

Aqui vai:

Ingredientes: carne picada, laminas de lasanha(eu usei as que não
precisam de cozimento prévio); 2 cebola picada; 1dentes de alho, 3
cenouras picadas; 1 lata de cogumelos laminados ou se preferir
cogumelos frescos(eu comprei frescos, da última vez); 1 tomate, polpa
de tomate, 2 folhas de louro; 1 raminho de alecrim, manjericão em
folhas, oregãos, 1 dl de vinho branco; azeite; sal e pimenta qb;
molho bechamel; queijo ralado,

1. Temperar a carne com antecedência com bastante manjericao, a folha
de louro, alecrim e sal.
2. Alourar a cebola cortada aos pedacinhos no azeite,juntar o alho
inteiro e retirar, juntar as cenouras cortadas aos cubinhos, (quanto
maior for a cenoura, maior a probabilidade de que não fique tão bem
cozinhada e se torne um pouco dura) e juntar os oregãos.
3. Quando temos um refogado com uma cor dourada, juntamos a carne
picada, envolvemos bem e regamos com vinho branco. Tudo isto em lume
brando. Quando a carne está completamente cozinhada juntamos os
cogumelos e adicionamos a polpa de tomate.
4. Fazer o molho bechamel.
5. Cortar o tomate em fatias e retirar.

. Cubrir o fundo de um tabuleiro com um pouco de recheio preparado e
dispor sobre ele uma camada e folhas de lasanha. Dispor sobre a massa,
o molho bechamel preparado anteriormente e uma nova camada de
recheio. Repetir até acabar o recheio sendo a última camada folhas de
lasanha. Cubrir, por fim, com o restante molho bechamel,decorar com
as fatias de tomate cortado previamente e polvilhar com queijo
ralado. Levar ao forno pré-aquecido a 180 graus, durante 30/35
minutos.


Bechamel:

3 dl leite
1 c. sopa margarina
1 c. sopa farinha
noz moscada
q.b. sal e pimenta
Derreta a manteiga em lume brando e polvilhe com a farinha. Deixe
cozer sem deixar ganhar cor e até aparecer à superfície uma espuma
esbranquiçada, mas com cuidado para não formar grumos.
2. Junte de uma só vez com o leite frio e mexa com a vara de arames
até obter uma mistura mais ou menos homogénea.
3. Tempere com sal, pimenta e noz-moscada e deixe cozer sobre lume
brando durante uns 10 minutos.
Nota final - A primeira foto foi tirada num cenário criado com uma prenda do fifi. 

           Ele reconhecerá, com certeza.

publicado por Maria às 08:00
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
últ. comentários
Minha avó, que cresceu em Mogadouro, muitas vezes ...
pois ! No meu tempo (43/51, chumbei um ano), bat...
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
Top blogs de receitas
blogs SAPO