Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
15
17
18
20
22
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
23
Abr
13
Houve uma época da minha vida que comia no snack bar das galerias do Ritz, em Lisboa. Comia ali pois trabalhava nas imediações e porque as refeições que serviam eram deliciosas. Infelizmente esse espaço fechou há algum tempo e Lisboa perdeu um belíssimo local para se comer uma refeição rápida, saborosa e em qualquer hora do dia até às 02h00.
Um dos pratos que comia aí frequentemente era esta salada que constava no cardápio como "Salada Setubalense". Não faço a mais pálida ideia porque foi baptizada com esse nome mas não me atrevi a mudá-lo. Recrio-a muitas vezes pois é colorida, nutritiva, fresca e muito saborosa.
Quero ainda referir que as receitas que aqui apresento, salvo as vezes que faço referência, serve 4 pessoas.
O que preparar:
  1. 2 peitos de frango assados;8 camarões calibre 30/40;
  2. 1 alface pequena cortada em juliana ( tiras finas);
  3. 4 tomates pequenos;
  4. 2 fatias grossas de queijo flamengo;
  5. 1 abacate;
  6. 1 laranja;
  7. 2 ovos cozidos;
  8. 2 iogurtes gregos naturais;
  9. 1 colher de sopa de Ketchup;
  10. 1 colher de chá de molho inglês.

Como preparar:

Colocar em cada prato um montinho de alface cortada em juliana. Dispor por cima o frango assado desfiado ( se faço frango propositadamente, asso os peitos no forno temperados cum umas pedras de sal e um fio de azeite, o que demora 20´). Dispor a laranja descascada e cortada em cubos, o queijo cortado em cubos, os ovos cozidos e cortados em rodelas, os tomates cortados em quartos e os camarões que foram previamente cozidos, descascados. Descascar o abacate, cortá-lo em rodelas e decorar os pratos.

Colocar os iogurtes numa taça e mexer com uma vara de arames. Juntar o Ketchup e o molho inglês. Mexer novamente até uniformizar a cor e verter por cima das saladas montadas.

Este molho também poderá ser feito com maionese acrescentando o Ketchup e o molho inglês. Pessoalmente prefiro fazê-lo com o iogurte que resulta num molho muito saboroso e muito mais saudável.

Mãos à obra.

publicado por Maria às 19:06
21
Abr
13
Adoro ir à feira de produtos hortículas que decorre todas as 4ª feiras nesta região. Perco-me nos cheiros, nas cores, na diversidade da oferta de produtos quase "domésticos" que cresceram sem qualquer adição de produtos revulsivos ou emolientes. São, na realidade, produtos da horta  que, nas grandes cidades apelidam de biológicos. Só que estes, apesar de rivalizarem com visível vantagem os ditos biológicos, são muito mais baratos. Assim, perco-me todas as 4ª feiras com tanta oferta de "vida" que insta em entrar no meu cesto de compras.
Chego a casa, radiante e encantada com o cheiro a terra e a horta acabada de colher. Renego a carne como que de uma heresia se tratasse. 
Lembro-me da receita que vi no espaço da minha amiga Gisela do Pão e Beldroegas, que me ficou a martelar na cabeça. Adapto-a e faço este estufado:
O que preparar:
  1. 250g de lentilhas;
  2. 3 cenouras;
  3. 1 bolbo de funcho;
  4. 1 batata doce;
  5. 100g de cogumelos Porto Belo;
  6. 4 tomates maduros mas firmes;
  7. 2 dentes de alho;
  8. 1 cebola;
  9. 3 colheres de sopa de azeite;
  10. sal e coentros a gosto;
  11. arroz branco para a companhar.

Como preparar:

Cozer as lentilhas em água temperada com sal, o que demora cerca de 30'. Não deixar cozer demasiado pois ficam "empapadas".

Levar ao lume o azeite, os alhos e a cebola picados e deicar alourar. Juntar os tomates grosseiramente picados. Temparar com sal, pimente e juntar os restantes ingredientes, partidos em pedaços, com excepção das lentilhas. Juntar um pouco de água onde cozeram as lentilhas e deixar estufar, tapando o tacho, o que demora cerca de 25´. Quando os legumes estiveram quase cozidos, juntar as lentilhas mexer com cuidado, e deixar acabar de cozer e apurar. Servir salpicado de coentros picados acompanhado de arroz branco.

Mãos à obra.

publicado por Maria às 18:39
19
Abr
13

A sugestão desta feita foi da Helena, foi votada por unanimidade e, eis um bolo maravilhoso, denso, forte e que, na minha humilde opinião, é muito melhor se comido no dia seguinte. O sabor e textura leva-nos a memória para o famoso bolo de mel da Ilha da Madeira. Posso ainda acrescentar que o meu fifi guloso, (é o único guloso dos 5 irmãos mas vale por todos), comeu metade do bolo. Quadradinho por quadradinho. Quando o bolo acabou perguntou-me: “ Mamã, quando fazes outro?”

Mais uma receita da Dorie Greenspan, mais uma quinzena passada, mais um objectivo alcançado.

O que preparar:

Para o bolo

  1. 2 colheres de sopa de gengibre fresco, descascado e picado; ( ralei)
  2. 1 colher de sopa de açúcar;
  3. 2 cup de farinha de trigo;
  4. 1 colher de chá de bicarbonato de sódio;
  5. 2 colheres de chá de gengibre em pó;
  6. 3/4 colheres de chá de canela em pó;
  7. 1/4 colheres de chá de cravinho moído;
  8. 115g+3 colheres de sopa manteiga à temperatura ambiente ( usei 100g, somente);
  9. 3/4 chávena de açúcar mascavado claro;
  10. 3 ovos grandes;
  11. 1/2 chávena de melaço ( usei mel);
  12. 170g de chocolate meio amargo - 57g derretido e frio, 113g picado;
  13. 1 chávena de leitelho - buttermilk;
  14. 1 colher de sopa de gengibre em calda picado (opcional) - usei apenas 1 colher de chá - ver receita em baixo.
Nota - 1 cup = 250 ml

Para a cobertura:

  1. 85.5g de chocolate meio amargo picado;
  2. 1 colher de sopa de café forte;
  3. 3 colheres de sopa de manteiga sem sal, à temperatura ambiente;
  4. 3 colheres de sopa de açúcar em pó.

Como preparar:

Pré-aquecer o forno a 180ºC. 
Untar com manteiga e farinha uma forma quadrada de 22cm.( usei de 30cm).

Para o bolo:

Misturar  o gengibre fresco e o açúcar  numa tigela pequena; reservar.Misturar a farinha, o bicarbonato de sódio e as especiarias.Numa batedeira, de preferência equipada com uma pá, bater a manteiga e o açúcar mascavado, em velocidade média, até ficar fofo (cerca de 3 minutos). Adicionar os ovos, um de cada vez, batendo por 1 minuto após cada adição. Acrescentar o melaço e bater até ficar homogéneo. 
Reduzir a velocidade e adicionar o chocolate derretido, juntamente com o gengibre açucarado. 
Ainda em velocidade baixa, acrescentar os ingredientes secos em três adições e o leitelho em 2 (começar e terminar com os ingredientes secos); bater só até misturar. Adicionar  o chocolate picado e o gengibre em calda. Levar ao forno por 40 minutos, aproximadamente.
Transferir o bolo para uma grade e deixar arrefecer durante 10 minutos antes de desenformar. Deixar arrefecer antes de deitar a cobertura.

Para fazer a cobertura: 

Derreter em banho-maria o chocolate e café, mexendo ocasionalmente até que o chocolate derreta. Retirar a tigela e misturar a manteiga (uma colher de sopa de cada vez). Peneirar o açúcar em pó sobre o chocolate e mexer. Transferir a tigela para um balcão e deixar arrefecer cerca de 10 minutos.
Cobrir o bolo; se as laterais estiverem um pouco queimadas, acertar com uma faca. Deixar a cobertura descansar 30 minutos antes de cortar a primeira fatia! ;)

A receita da calda de gengibre fresco foi-me dada pela Helena. Fiz assim:
  1. 225g de açucar;
  2. 150g de gengibre fresco descascado e partido em lascas muito finas;
  3. 30cl de água.

Levar ao lume o gengibre com a água. Dixar ferver durante 8´, em lume lento. Passado este tempo juntar o açúcar, e as 3 colheres de sopa de água. Deixar ferver novamente durante 8'. Deixar arrefecer, coar a calda, descartar o gengibre. O xarope resultante pode ser guardado no frigorífico e ser usado em refrescos caseiros em porções pequenas.

 

Quer pela diversidade e quantidade de ingredientes, quer pelas etapas em que o bolo é feito, aconselho vivamente a organizarem os ingredientes e utensílios antes de iniciar a confecção do bolo. Assim, torna-se muito fácil.

Mãos à obra.

publicado por Maria às 08:00
16
Abr
13

Ceviche é um prato peruano com base em peixe crú marinado com molho de limão ou lima. É da praxe que o peixe usado seja branco, também pudendo ser utilizada a lagosta, o caranguejo ou mesmo o camarão. Pode-se substituir o limão ou lima por toranja ou por laranja azeda.

É uma espécie de sushi e resulta numa entrada ou mesmo numa refeição principal muito fresca e saborosa.

Apesar de, como referi em cima, o  peixe usado em ceviches ser peixe branco, e eu já ter feito algumas vezes dessa forma, quando vi esta receita da Helena do Sabores de Canela, em que utiliza o salmão, fiquei com muita vontade de experimentar. E, claro, vindo a receita de quem vem, como era de esperar não me arrependi.

O que preparar:

  1. 300 g de salmão fresco cortado em cubos;
  2. Sumo de 3 limas;
  3. 1 cebola picada;
  4. 2 tomates picados;
  5. Salsa e coentros;
  6. 1 pera abacate picada;
  7. 1 manga;
  8. Sal, pimenta e tabasco a gosto.
Como preparar:
Usando um processador de alimentos ou a Thermomix/Bimby ( em último caso a varinha mágica),colocar no copo o salmão e dar 2 toques de turbo.Reservar.
Picar a cebola e o tomate grosseiramente na velocidade 5.( para a Thermomix/Bimby)
Triturar o abacate grosseiramente na velocidade 5.( para a Thermomix/Bomby)
Colocar tudo o que se triturou numa taça com o sumo das limas, juntar a salsa e coentros ,sal,pimenta e tabasco,misturar bem e deixe repousar uma hora no frigorifico.
Para o coulis :
Triturar a manga na velocidade 9 durante 1 minuto ( Thermomix/Bimby),juntar sal e coentros e colocar por cima do preparado anterior.
Se possível utilizar um aro para empratar em doses individuais. 
Se for servido como entrada, acompanhar com tostas. Se for como prato principal, além das tostas, acompanhar com batata doce assada no forno.
Se não tiver nenhum dos electrodomésticos trituradores, poderá fazê-lo com a faca, tendo o cuidado de partir muito finamente o salmão.
Mãos à obra.

publicado por Maria às 19:07
13
Abr
13

Agora que o astro rei resolveu presentear-nos com a sua presença, o corpo pede refeições leves e coloridas. Esta que trago hoje, não nos prende mais do que, literalmente, 15 minutos na cozinha. Saboreia-se longamente, se possível ao ar livre, devagar, garfada por garfada.

O que preparar:

  1. 1 pacote de massa de arroz;
  2. 200g de salmão fumado;
  3. 2 colheres de sopa de azeite;
  4. 2 dentes de alho picados;
  5. 1 laranja descascada e partida em cubos;
  6. Folhas de hortelã para salpicar;

Como preparar:

Cozer a massa em água fervente conforme indicações da embalagem. Partir em fatias finas o salmão. Levar ao lume, numa wok, o azeite e o alho picado. Quando aquecer, sem deixar queimar o alho, verter sobre a massa. Misturar com o salmão, a laranja e salpicar com folhas de hortelã grosseiramente picadas. Está pronta a servir 4 pessoas.

Mãos à obra.

Inspiração no Sabores de Canela

publicado por Maria às 17:58
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
15
17
18
20
22
24
25
26
27
28
29
30
últ. comentários
pois ! No meu tempo (43/51, chumbei um ano), bat...
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
Top blogs de receitas
blogs SAPO