Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
14
Jun
14

Lembro-me bem quando vi pela primeira vez uma referência e esta senhora. Foi num blog que seguia, ainda não tinha criado este, e quando fui espreitar a sua forma simples e rápida de nos apresentar receitas deliciosas, fiquei rendida. Desde aí, sigo-a assiduamente quer nos seus livros quer nas revistas que publica. Bem sei que esta que trago hoje não é das mais saudáveis. Porém, de vez em quando podemos dar um pontapé na dieta para poder saborear uma refeição com prazer. Faz-se de muitas formas a Carbonara e há milhentas versões. Esta é simples, não ficamos com "ovos mexidos" misturados na pasta. Ficamos, isso sim, com um creme maravilhoso que transforma um prato tão simples numa comida gourmet.

Apresento aqui a minha participação quinzenal no desafio Quinze dias com cuja mentora é a Susana. Quer-me parecer que esta participação não ficará solteira pois a Chef escolhida para esta quinzena é, nada mais, nada menos que a Donna Hay, uma das minhas favoritas e por quem me sigo e apoio pelo menos uma vez por semana, para preparar refeições leves, frescas e deliciosas.

A quantidade de ingredientes apresentado contempla 2 doses.

O que preparar:

  • 200g de pasta fresca;
  • 200ml de natas;
  • 1 chávenas de queijo parmesão ralado no momento;
  • 2 gemas de ovo;
  • 4 fatias de bom presunto;
  • queijo parmesão a gosto e ralado na altura de servir;
  • sal e pimenta e gosto.

Como preparar:

Cozer a pasta em bastante água fervente temperada com sal. A pasta fresca não leva mais que 4 a 5 minutos a atingir o ponto ideal de cozedura. Escorrer bem retirando toda a água onde foi cozinhada. Temperar com sal, se faltar, e com pimenta moída. Juntar as natas e as gemas de ovo e a chávena de quijo parmesão ralado. Levar ao lume lento, mexendo sempre e até sentir o creme a envolver toda a pasta. Retirar do lume, empratar com a ajuda de uma pinça de cozinha ou mesmo um garfo e colher, enrolando sobre o prato de servir formando um montículo.

Esfarripar as fatias de presunto e dispor por cima da pasta. Servir polvilhado de queijo ralado na altura. Delicioso.

Mãos à obra.

publicado por Maria às 15:50
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
últ. comentários
pois ! No meu tempo (43/51, chumbei um ano), bat...
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
Top blogs de receitas
blogs SAPO