Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Posts mais comentados
22
Jan
12

  

O arroz de cabidela trata-se de guisado de frango com arroz, ao qual se mistura o sangue do dito. Muitas pessoas apreciam esta iguaria, outras tantas dispensam-na com um ar enjoado.

Porém, e como não se pode agradar a gregos e a troianos, deixo aqui a minha forma de confeccionar este prato, porque cá em casa pertencemos à equipa dos apreciadores, apesar de não o fazer amiúde.

 

O que preparar:

  1. 1 frango do campo;
  2. 1 saco de sangue do frango;
  3. Vinagre na proporção de metade da quantidade do sangue;
  4. 1 cebola;
  5. 1 dente de alho;
  6. 0,5 dl de azeite;
  7. 1 folha de louro;
  8. 1 copo de vinho branco;
  9. 1 cubo de caldo de galinha;
  10. 2 chávenas de arroz carolino;
  11. 5 chávenas de água..
  12. Sal e pimenta a gosto

Como preparar:

Cortar o frango em pedaços de tamanho médio. Lavar bem e temperar com sal e pimenta.

Levar ao lume a refogar em azeite a cebola, o alho e a folha de louro. Quando a cebola alourar, juntar os pedaços de frango e deixar fritar um pouco, mexendo ocasionalmente. Juntar o cubo de caldo e o vinho branco e deixar estufar o frango, em lume brando. O frango de campo, por ter a carne um pouco mais fibrosa, demora mais tempo a cozer do que um frango de aviário; assim, dever-se-á contar com cerca de 45’ para o frango cozer. Juntar nessa altura a água e deixar ferver. Quando a água estiver em ebulição, juntar o arroz e deixar ferver em lume alto, cerca de 5’, baixando depois o lume e tapando o tacho.

Coar o sangue por um passador e misturá-lo com o vinagre,

Passados mais 5’ de se ter tapado o tacho e baixando o lume, deve-se juntar o sangue com o vinagre ao arroz, mexer cuidadosamente para aquele se misturar, tapar novamente o tacho e deixar cozinhar mais 8’.

Servir de imediato pois este arroz deve ser servido com caldo.

Mãos à obra.

publicado por Maria às 08:00
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
últ. comentários
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
De facto cavala e sarda não são o mesmo peixe, as ...
Hoje dia 03 de Março de 2015 fui à procura de uma ...
Top blogs de receitas
blogs SAPO