Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
30
Jan
12

Este prato que hoje apresento é português, pois tem alheira mas nem por isso deixa de ser um prato requintado pela forma como é apresentado. Fi-lo a pensar no meu fifi Picau pois bem sei como ele gosta de alheira. Gosta de tal forma que, por vezes, quando chegava da faculdade, fritava uma alheira com batatas fritas e ovo estrelado para lhe servir de lanche!!! Agora, lá longe, não sei se terá acesso ao seu pitéu favorito mas, fica a promessa que nas próximas férias lhe farei esta receita que ele, certamente, muito apreciará.

 

 

 

O que preparar: ( para 8 doses)

 

  1. 3 alheiras de boa qualidade – eu compro de caça;
  2. 4 placas de massa filo – compro feita;
  3. Ovo batido para pincelar;
  4. Grelos cozidos e salteados em azeite e alho;
  5. 1 ovo estrelado por pessoa.

 

Como preparar:

 

Retirar a pele das alheiras cortando as pontas e dando um golpe longitudinal na parte de fora.

 

Forrar um tabuleiro de forno com papel vegetal. Estender sobre a bancada 2 conjuntos de 2 palcas sobrepostas de massa filo. No meio de cada conjunto, dispor bocados de alheira que servirão de recheio. Enrolar cada conjunto de molde a formar 2 tortas. Atar as extremidades com fios de cebolinho ou, simplesmente dobrá-las como se de um embrulho se tratasse. Pincelar levemente com ovo, só para dar brilho e levar a forno quente (180ºC) cerca de 20’ ou até as tortas ficarem douradas. Retirá-las do forno e parti-las em pedaços com cerca de 7 cm cada. Ficam umas tortas com cerca de 28 a 30cm, muito estaladiças e muito aromáticas. É claro que ficam também muito saborosas.

 

Acompanhar com grelos previamente cozidos em água com sal e depois salteados num pouquinho de azeite e alho picado. Para quem gostar e puder, pode também fazer acompanhar de um ovo estrelado

 

Mãos à obra.

 

publicado por Maria às 08:00
De Bombom a 30 de Janeiro de 2012 às 23:22
O meu filho mais novo também gosta muito de alheiras e ia adorar este pitéu! Além do mais, sendo um prato económico, com esta "roupagem" fica de muito requinte.
Obrigada pela tua passagem lá no Meu Estaminé. O coalho em pó vende-se nas farmácias e quando não têm, mandam vir. Além disso, é barato e dura para muito tempo. Se quiseres experimentar vê em Queijos Frescos, porque no início do blog eu dei a receita com mais pormenores.
Uma boa semana. Bjs. Bombom

Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
últ. comentários
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
De facto cavala e sarda não são o mesmo peixe, as ...
Top blogs de receitas
blogs SAPO