Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Posts mais comentados
06
Fev
12

Que me perdoem as pessoas defensoras da comida saudável, pois eu prevarico. Faço-o até mais vezes do que as desejadas mas adoro comida regional portuguesa e cá em casa ainda somos todos saudáveis e magrinhos.

 

Assim, ainda me posso ir dando ao luxo de provar e dar a provar iguarias como esta. Senão, vejam:

 

 

 

O que preparar:

 

  1. 1 lombinho de porco;
  2. 1 chouriço de sangue alentejano;
  3. 200g de toucinho ou bacon gordo;
  4. 300g de pão alentejano;
  5. 50g de banha;
  6. 3 dentes de alho;
  7. 2 folhas de loureiro;
  8. 1,5 colher de sopa de pimentão doce;
  9. 1,5dl de vinho branco;
  10. Sal e pimenta a gosto.

 

Como preparar:

 

Partir o lombinho de porco em pedaços por forma a que dê 3 peças para cada comensal. Partir em fatias o toucinho mas deixando as fatias pegadas pelo courato. Colocar numa taça o toucinho e a carne de porco, temperar com o vinho branco, sal, pimenta, pimentão, folhas de loureiro partidas em bocadinhos e os alhos esmagados. Deixar nesta marinada 24 horas.

 

Quando for para cozinhar, demolhar o pão alentejano em água e deixar assim para ensopar.

 

Numa frigideira deitar a banha, deixar derreter e fritar nela as fatias de toucinho, nesta altura já separadas pelo courato. Deixar fritar bem e retirar para uma travessa.

 

Na mesma gordura, fritar a carne e quando estiver pronta, retirá-la para uma travessa e fritar, ainda na mesma gordura, o chouriço em rodelas. Retirar para uma travessa, depois de frito.

 

Espremer bem o pão e deitá-lo sempre na mesma frigideira, sempre na mesma gordura. Ir mexendo com uma colher de pau para não pegar e ir regando com a marinada da carne. Quando o pão estiver desfeito e tiver tomado cor, deitá-lo numa travessa de ir ao forno. Por cima dispor as carnes e levar  ao forno cerca de 10’.

 

Bem sei que a foto ficou horrenda e nada convidativa. Porém, peço que desta vez não comam só com os olhos pois esta comida é digna de mesa de rei. Acreditem.

 

Mãos à obra. 

 

publicado por Maria às 08:00
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
últ. comentários
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
De facto cavala e sarda não são o mesmo peixe, as ...
Hoje dia 03 de Março de 2015 fui à procura de uma ...
Top blogs de receitas
blogs SAPO