Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
20
Mar
12

A receita hoje é de uma sopa que, apesar do ar e sabor requintado é muito económica, pois faz-se simplesmente com, imaginem, as cascas e cabeças de camarões que usámos num outro prato qualquer.

 

Nunca desagradou a ninguém a que eu  tivesse servido, sendo até uma sopa sempre muito elogiada.

 

O que preparar:

 

  1. Cascas e cabeças de 0,5Kg de camarão;
  2. 50g de manteiga;
  3. 4 colheres de sopa de farinha de trigo;
  4. 1 dente de alho;
  5. 1 cebola pequena;
  6. 1 pedaço pequeno de cenoura;
  7. 1 folha de louro;
  8. 1 ramo de salsa;
  9. 1 colher de chá de pimentão doce;
  10. 1 colheres de sopa de polpa de tomate;
  11. 1 dl de vinho branco;
  12. 2l de água;
  13. 1 colher de chá de grãos de pimenta preta;
  14. 2 ou 3 malaguetas secas ( facultativo)
  15. 1 ou 2 colheres de brandy ( facultativo);
  16. Sal a gosto.

 

Como preparar:

 

Colocar na água fervente as cascas e cabeças de camarão. Deixar ferver durante 10’ e retirar do lume. Retirar as cascas e cabeças, aproveitando a água, e esmagar num almofariz. Reservar estas e a água.

 

Num tacho refogar a manteiga, o alho, a cebola e a cenoura picadas, bem como a salsa e a pimenta em grão. Juntar a polpa de tomate e de seguida as cascas e cabeças esmagadas. Deixar suar durante 2’ com o taxo tapado. Juntar a água reservada, temperar com sal e deixar ferver em lume brando,durante 45’.

 

Entretanto torrar a farinha. Esta deve ser colocada numa frigideira de ferro e levada ao lume, mexendo sempre, até atingir uma cor acastanhada, sem queimar. Nota-se que está no ponto quando começa a ceirar a pipocas.

 

Depois do caldo ter fervido durante os 45’, passá-lo por um coador, espremendo bem.

 

Levar o caldo coado a ferver, dissolver as farinha numa ou duas colheres de água fria e juntar mexendo sempre. Deixar ferver em lume brando durante 10’.

 

Rectificar os temperos e, se se desejar, é nesta altura que se deve juntar as malaguetas secas e o brandy.

 

Servir com dados de pão torrado.

 

Mãos à obra

 

publicado por Maria às 08:00
De Filipa a 20 de Março de 2012 às 11:19
Amiga que delícia!!! Ontem fiz mas de pacote....Não deu para estar a comprar camarão e queria fazer o agradinho ao pai ca de casa. Coloquei miolo de camarao e coentros e ficou bom.
Mas o que eu adorava ter esse na minha mesa ontem:)
Uma beijoca muito doce:*
De Maria a 21 de Março de 2012 às 18:50
Pipinha querida,
Se eu soubesse tinha-te mandado a casa;) Porém, o teu apesar de ser de pacote ficou tão delicioso como este pois tu consegues essas coisas.
Beijinhos da Maria
De gina a 20 de Março de 2012 às 14:14
Maria amiga, sobrou uma panelada,... não um pratinho,.... para mim?  Sou louca por camarão e inexplicávelmente, embora seja alérgica  a alguns tipos de peixe , camarão não me dá alergia!!!!! Simples e delicioso esse consomé e ainda econômico....só voce mesmo minha amiga para nos  deliciar com essa receita. Beijinhos da Gina
De Maria a 21 de Março de 2012 às 18:55
Gina, minha querida, ainda bem que o camarão não lhe provoca a malvada da alergia pois seria uma pena.
Eu também adoro camarão.
Beijinhos da Maria
De Ginja a 20 de Março de 2012 às 15:54
Olá querida Maria!
Sempre achei o nome consomé super chique e que envolveria algo "trés" complicado, mas cá está, bem simples e fica uma sopa perfeita para alturas de festa e jantares mais elaborados.
E o pãozinho torrado em cima é que não dispenso.
Um beijinho.
(e mais uma para o nosso banquete!)
De lia a 21 de Março de 2012 às 10:06
É uma receita maravilhosa e económica mesmo, se tivermos em conta que é feita com as cascas do camarão. Já vi (e já fiz), por aqui os Chefes a porem tudo no liquidificador e reduzirem tudo, incluindo cascas a puré e depois, coarem por um passador e por um pano tipo gaze, para eliminar todas as impurezas e assim evita-se a farinha, pois a consistência fica espessa e cremosa.
Beijinhos,
Lia.
De Maria a 21 de Março de 2012 às 18:57
Lia querida, obrigada pela sugestão, estamos sempre a aprender. 
Porém, a farinha torrada além de engrossar a sopa, dá-lhe um sabor muito agradável.
Beijinhos da
Maria
De Maria a 21 de Março de 2012 às 18:53
Ginja, realmente é chiquérrimo o nome consomé e não é mais que um caldo espesso.
Já apontei no rol do nosso banquete.
Beijinhos da Maria
De Maria a 21 de Março de 2012 às 18:57
Ginja, realmente é chiquérrimo o nome consomé e não é mais que um caldo espesso.
Já apontei no rol do nosso banquete.
Beijinhos da Maria
De Gisela a 21 de Março de 2012 às 20:05
Esse creme ficou um apetite. É uma sopa que gosto imenso e nunca faço.
Um beijinho
De Maria a 21 de Março de 2012 às 21:19
Gisela, é saborosa e tão fácil.Experimenta fazer um dia destes.
Beijinhos grandes da Maria
De Bombom a 22 de Março de 2012 às 22:14
Maria, tive de vir espreitar este teu aproveitamento. Cá em casa também faço o mesmo, pois o marido adora um caldinho de camarão, parecido com o teu, mas menos elaborado. Assim sendo, já sabes, vou levar a receita para ver se arranco mais uns elogios (à tua custa, he,he)! Depois digo-te. Bjs. Bombom

Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
últ. comentários
pois ! No meu tempo (43/51, chumbei um ano), bat...
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
Top blogs de receitas
blogs SAPO