Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
21
22
28
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
12
Abr
12

O arroz de pato é um prato sobejamente conhecido e apreciado. Apesar da receita estar muito vulgarizada, não pude deixar de a trazer pois é muito apreciada cá em casa. Resulta numa óptima refeição e melhora muito quando acompanhada com um copo de um bom vinho tinto.

 

O que preparar:

 

  1. 1 pato;
  2. 1 cebola + ½ cebola;
  3. 1 dente de alho;
  4. 0,5 dl de azeite;
  5. 2 folhas de loureiro;
  6. 2 cravinhos;
  7. 5 grãos de pimenta preta;
  8. 3 chávenas de chá de arroz agulha;
  9. 1 chouriço de carne de boa qualidade.

 

Como preparar:

 

Limpar bem o pato e tirar-lhe todas as gorduras. Levar ao lume uma panela com bastante água e, quando começar a ferver, deitar o pato, juntamente com os grãos de pimenta, 1 folha de loureiro, o cravinho e meia cebola com casca. Temperar com sal. Se for feito na panela de pressão, a cozedura demora cerca de 30’. Caso contrário, demora cerca de 1,30h e poderá ter de se acrescentar água ao caldo, conforme este for reduzindo. A meio da cozedura, juntar metade do chouriço de carne.

 

Quando estiver cozido, retirar do caldo, reservando-o. Deixar arrefecer o pato e desfiá-lo, descartando a pele. Partir o chouriço cozido, em pedacinhos.

 

Retirar do caldo a película de gordura que se forma à superfície e reservar.

 

Levar a cebola picada ao lume juntamente com o azeite, o alho, a folha de loureiro. Quando a cebola começar a caramelizar, juntar o arroz e ir mexendo para não pegar. Quando começar a ficar com os bagos esbranquiçados, juntar o caldo onde cozeu o pato, devidamente coado num passador, na proporção do dobro da quantidade de chávenas do arroz, mais uma, isto é, se foram 3 chávenas de arroz, deverão ser 7 chávenas de caldo. Se este não for suficiente, completar com água. Deixar o arroz levantar fervura, mexer e deixar cozer 7’. Num tabuleiro de ir ao forno, deitar metade da quantidade de arroz, espalhar por cima o pato desfiado e os pedaços de chouriço cozido e cobrir com o restante arroz.

Enfeitar com a outra metade de chouriço cru, que entretanto se partiu às rodelas. Verter por cima a gordura que se havia tirado da superfície  do caldo. Levar ao forno a 200ºC cerca de 20’, até o arroz ficar lourinho.

 

Mãos à obra. 

 

publicado por Maria às 08:00
De Helena a 12 de Abril de 2012 às 12:15
Maria
Mas que sugestão apetitosa!
Acreditas que penso em publicar um no meu blogue desde que o comecei? É tão apreciado mas há pessoas de que gostamos muito que não sabem fazê-lo ;)
Por isso é tão importante a partilha.
Um beijo
De Maria a 12 de Abril de 2012 às 23:08
Helena, confesso que pensei 2 vezes em publicar precisamente pq é uma receita muito conhecida. Mas, de facto, tens razão, há pessoas muito queridas que gostam e não sabem fazê-lo.
Beijos
Maria


E fico à espera da tua publicação deste arroz. O teu deve ser delicioso.
De Carla a 12 de Abril de 2012 às 13:45
Este é um dos pratos favoritos, mas que ainda não me atrevi a fazer. Vale-me que existem bons restaurantes a servi-lo bem saboroso.
Beijinhos
De Maria a 12 de Abril de 2012 às 23:10
Carla, uma cozinheira como tu não se "atreve" a fazer arroz de pato? É, decerto, um receio infundado e que tens de ultrapassar!
Beijinhos grandes
Maria
De Ginja a 12 de Abril de 2012 às 16:57
Maria,
um dos meus pratos favoritos! Adoro.
Mas nunca fiz a receita inteira sozinha... :)
Um beijinho.
De Maria a 12 de Abril de 2012 às 23:11
Ginja, querida, se é um dos favoritos teus, vai ter destaque no banquete;)
Beijinhos grandes
Maria
De Filipa a 12 de Abril de 2012 às 20:00
ADORo, ADORO, ADORO!!!
 e quando não há pato, há frango :P

e essas rodelas de chouriço estao a pedir o meu garfo:)
De Gisela a 12 de Abril de 2012 às 20:21
Faço raramente mas gostamos muito, então a Beatriz é uma verdadeira fã deste prato.
Essa chouriça tostadinha está tal como eu gosto
Um beijinho
De Maria a 12 de Abril de 2012 às 23:14
Gisela, as crianças, tal como a Beatriz gostam deste prato pois é fácil para "papar".
Beijinhos
Maria"
De Maria a 12 de Abril de 2012 às 23:13
Pipinha, é um prato realmente apreciado pela maioria.
Beijinhos
Maria
De Deliciart a 13 de Abril de 2012 às 02:51
Ainda bem que o publicaste pois ficou com um aspecto delicioso e meu primeiro arroz de pato andei a ver em blog`s e depois fui adaptando a receita mais ao meu gosto e acredito que exista muita gente a fazer o mesmo pelo que foi uma óptima decisão a tua partilha ;) beijinhos
De Maria a 14 de Abril de 2012 às 21:59
Obrigada, Vânia.
Beijinhos para ti
Maria
De lia a 13 de Abril de 2012 às 18:34
Adoro arroz de pato e é o "signature dish" aqui por entre os escoceses, pois adoram a minha versão. Vou experimentar a tua, pois parece-me bem deliciosa!
Beijocas,
Lia.
De Maria a 14 de Abril de 2012 às 22:01
Lia, querida, esta minha versão foi baseada num arroz de pato que serviam, há bastantes anos atrás no Tavares Rico.Desde então faço sempre assim porque acho deliciosa. A tua versão está no teu blog? Gostava de ver como é para experimentar.
Beijinhos
Maria

Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
21
22
28
29
últ. comentários
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
De facto cavala e sarda não são o mesmo peixe, as ...
Top blogs de receitas
blogs SAPO