Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Junho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
21
22
23
25
26
28
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
30
Jun
12

 

Apesar de ter comprado os ingredientes necessários para esta tarte, hesitei em fazê-la pois não me estava mesmo nada a apetecer ligar o forno nem comer doces “pesados” ( e este parecia-me um doce “pesado”).

Porém, ao ver algumas participações das outras Dories e com a ajuda de S. Pedro que não nos castigou hoje muito com o calor, lá fui eu mais uma vez para a cozinha fazer mais uma delícia da Dorie.

Logo pela manhã fiz o doce, com pouco açúcar juntando framboesas e a minha mais recente descoberta e que já se tornou um dos meus ingredientes favoritos : RUIBARBO. Desta compota e deste ingrediente falarei noutra postagem. Bem, mas resultou num doce delicioso, “azedinho” tal como eu pretendia.

Vaporizei açúcar com uma pitada de canela e ¼ da vagem de baunilha na Bimby e reservei, pois destinava-se a polvilhar a tarte depois de pronta.

Quanto ao resto, fiz tal como a receita dita e que aqui vou transcrever:

 

Base

1¾ chávenas de farinha de trigo

½ chávenas de açúcar

¼ c. de chá de sal

12 colheres de sopa de manteiga fria

2 gemas grandes

1 c.chá de extracto de baunilha

 

Para fazer a massa ( usei a Bimby)

Colocar a farinha, o açúcar e o sal num processador de alimentos e pulsar apenas para misturar. Acrescentar os pedaços de manteiga e misturar até ficar granulado.

Misturar as gemas e a baunilha com um garfo e adicionar, continuando a pulsar até que a massa fique em grumos, sem que se forme uma bola.

Se quiser enrolar a massa, junte-a numa bola, embrulhe-a em filme e leve-a ao frigorífico por aproximadamente 20 minutos. (é mais fácil se enrolar entre 2 folhas de filme)

Ou, então, simplesmente pressione a massa numa forma de tarde (aro amovível) com cerca de 23cm (a receita diz que a forma deve estar barrada e polvilhada com farinha). A massa deve cobrir o fundo da forma e subir até cerca de 3cm. Levar ao frigorífico durante pelo menos 30 minutos.

Cobrir a massa com papel de alumínio barrado com manteiga, colocar umas pedrinhas e levar a forno pré-aquecido a 190º por 20 minutos. Retirar o papel e deixar dourar.

Retirar do forno e deixar arrefecer.

 

 

 

 


Recheio

 

 

chávena de compota espessa de frutos vermelhos ( como disse acima, usei compota de framboesas, ruibarbo e gengibre)

aprox. 255g queijo creme à temp.ambiente

1 chávena de queijo cottage, à temp. ambiente( usei requeijão de Seia)

¾ chávena de açúcar ( diminui a quantidade para 2/4)

¼ c.chá de sal

uma pitada de canela

uma pitada de noz moscada

2 ovos grandes

açúcar em pó

 

Para fazer o recheio ( usei batedeira)

Misturar a compota e espalhá-la sobre a parte inferior da base- não há problema se a crosta ainda estiver quente.

Colocar o queijo creme e o queijo cottage no processador e, raspando as laterais da tigela algumas vezes, bater por 2 minutos, até ter uma mistura suave e acetinada. Adicionar o sal, açúcar e especiarias e pulsar 30 segundos. Com a máquina ligada, adicionar os ovos.

Deitar sobre a compota.

 

Vai ao forno 60 a 70 minutos, ou até que o recheio tenha uniformemente inchado.

Arrefece, dentro da forma, sobre uma grelha.

Desenformar frio, com a ajuda de uma faca. Refrigerar a torta ligeiramente ou completamente antes de servir e polvilhar com açúcar em pó (fiz uma mistura de açúcar, canela e ¼ de vagem de baunilha sem as sementes e pulverizei na Bimby).

 

A temperatura mais agradável para ser comida é a temperatura ambiente. Morna, fica enjoativa. Refrigerada, perde-se a maciez e metade dos sabores.

 

Opinião final – APROVADÍSSIMA!!!

 

 

 

publicado por Maria às 15:15
De Ginja a 30 de Junho de 2012 às 18:36
Querida Maria,
acho que não te vais surpreender se eu te pedir para fazeres esta tarte para o banquete pois não? :))
Está linda amiga! Adorei as fotografias, fatias deliciosas.
E esse doce de ruibarbo e framboesa deve ser delicioso!!! Maravilha.
Parabéns pela maravilhosa participação.
Eu não tive mesmo tempo, e já ando e falta há algum tempo...
Beijinho e bom fim-de-semana.
De Maria a 30 de Junho de 2012 às 22:13
Ginja, doce amiguinha, muito obrigada pelos elogios. Quanto a levar a tarte para o banquete, é claro que levo. Tu comes esta e eu como o teu bolo de cerejas inteirinho;)
Beijinhos
Maria
De Susana a 1 de Julho de 2012 às 09:14
Maria, que bom aspecto!!!  Nunca usei ruibarbo, onde é que se encontra? 
De Susana a 1 de Julho de 2012 às 09:14
Maria, que bom aspecto!!!  Nunca usei ruibarbo, onde é que se encontra? 
De Maria a 1 de Julho de 2012 às 11:34
Olá Susana,
Também comecei a usar ruibarbo há pouco tempo depois de ter visto a sua utilização em vários blogues. Aqui em Portugal é difícil de encontrar pois esta plantinha dá-se bem em climas frios. Porém, o Supercor  costuma ter com alguma frequência ( eu encontro no da Beloura), apesar de serem vendidos a preço de ouro. Só os talos são aproveitáveis pois as folhas são tóxicas.
Como dois dos meus filhos vivem no UK, e o outro na Finlândia, sendo que lá o ruibarbo é vendido em qualquer supermercado a preços normais, peço-lhes que tragam na bagagem;) Eles reclamam, mas lá me vão fazendo a vontade.Chegou-me agora um para férias e trouxe-me 1 Kg que já consumi. Em Agosto vem o outro para férias de trar-me-á mais alguns. Se quiseres nessa altura mando-te para experimentares.
De qualquer forma, se tens possibilidades de plantar, experimenta fazê-lo. A Ginja plantou e parece que foi bem sucedida. Eu, apesar de ter jardim, não posso fazer horta pois seria expulsa do condomínio :(.
Beijinhos e bom Domingo.
Maria


De Susana a 1 de Julho de 2012 às 21:51
Obrigada Maria!


Vou averiguar como se planta e vou tentar arranjar. Se não tiver sucesso, chateio-te em Agosto :) 


Eu 'morria' se tivesse um jardim e não pudesse fazer uma pequena horta... eu que tenho uma hortinha em vasos numa das minhas varandas... comecei com ervas aromáticas há uns 4 ou 5 anos e fui diversificando... uns correm bem, outros correm mal e não dá para deixar de comprar nada (excepto as aromáticas, essas tenho para dar e vender), mas vale pela piada e por uma ou outra refeição com legumes totalmente biológicos e muito saborosos.


Beijos 
De Maria a 1 de Julho de 2012 às 22:58
Pois, Susana, também tenho muita pena mas na dá mesmo para plantar. A administração  é muito rigorosa pois temos um hotel inserido no condomínio. Apesar de estar rodeada de uma vegetação muito luxuriante, não há nada comestível:(
Agora nesta altura de verão passo-a no Algarve mas aqui não tenho as mínimas condições para fazer plantações pois só tenho dois canteirinhos pequeninos.
Quando for rica, compro um Monte e lá planto tudo o que me apetece plantar.;)
Bem, se quiseres, estou à disposição para te enviar em Agosto o ruibarbo, quando tiver o mensageiro.
Beijinhos grandes para ti e para o Tiaguinho.
Maria
De gisela a 1 de Julho de 2012 às 18:20

Maria, mais uma vez não parcicipei, mas adorei o aspecto da tua tarte. Também gosto muito de ruibarbo, mas é muito raro encontrar.
Um beijinho e boa semana
De Maria a 1 de Julho de 2012 às 22:59
Gisela, tenho tanta pena que não participes. De qualquer forma tenta fazer a tarte qd tiveres tempo.
Beijinhos
Maria
De gina a 2 de Julho de 2012 às 02:32
Minha muito querida Amiga Maria.
Originalissima a tua tarte, o que não me surpreendeu nada. Vinda de vc só poderia ser criativa e deliciosa!!!  Nunca comi nem fiz ruibarbo, tampouco vi por aquí, mas pelo que vc fala deve ser muito gostoso...   A Tarte ficou bonita com as camadas bem definidas. Adoro ver assim cada sabor se destacando visualmente. E as fotos amiga, estão diferentes....mais nitidas, mais profissionais...Vc mudou a máquina de fotografar?
Enfim....Amei tudo neste post!!!!! e isso não é novidade né Amiga? Beijinhos carinhosos da amiguinha Gina
De Maria a 2 de Julho de 2012 às 23:02
Gina, querida, eu acho q ruibarbo vicia pois eu estou mesmo viciada. Adoro. A ginja tem algumas receitas com ruibarbo no blog dela e sabe que receitas daquela menina são sempre deliciosas. Espreite.
Tenho visto também alguns blogs brasileiros em que falam de ruibarbo, portanto depreendo que talvez aí se consiga arranjar de vez em quando.
Obrigada pelos teus elogios sempre tão carinhosos.
Muitos beijinhos
Maria
De Carla a 2 de Julho de 2012 às 12:15
Que pena este ano não ter encontrado o ruibarbo por estas bandas. Deve ter ficado um recheio delicioso.
Beijinhos
De Maria a 2 de Julho de 2012 às 22:55
Carla, se conheces o ruibarbo, sabes que ficou mesmo bom.Beijinhos
Maria
De Ameixinha a 3 de Julho de 2012 às 00:58
Gosto da nova cara do teu blog :) E esta tarte também está convidativa! Bjs
De Maria a 4 de Julho de 2012 às 22:23
Obrigada Ameixinha. Gosto muito das tuas visitas.
Beijinhos
Maria

Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Junho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
21
22
23
25
26
28
29
últ. comentários
pois ! No meu tempo (43/51, chumbei um ano), bat...
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
Top blogs de receitas
blogs SAPO