Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
16
17
20
21
22
24
25
26
29
31
Posts mais comentados
15
Jan
13

...

 Então o meu Príncipe, com paciência, com heroicidade, forçando palidamente o sorriso:

-Meus amigos, há uma desgraça...

Dornan pulou na cadeira:

-Fogo?

-Não, não era fogo. Fora o elevador dos pratos que inesperadamente, ao subir o peixe de S. Alteza, se desarranjara, e não se movia encalhado!

O Grão duque arremessou o guardanapo. Toda a sua polidez estalava como um esmalte mal posto:

-Essa é forte!... Pois um peixe que me deu tanto trabalho! Para que estamos nós aqui então a cear? Que estupidez! E pôr que o não trouxeram à mão, simplesmente? Encalhado... Quero ver! Onde é a copa?

E, furiosamente, investiu para a copa, conduzido pelo mordomo que tropeçava, vergava os ombros, ante esta esmagadora cólera de Príncipe. Jacinto seguiu, como uma sombra, levado na rajada de S. Alteza. E eu não me contive, também me atirei para a copa, a contemplar o desastre, enquanto Dornan, batendo na coxa, clamava que se ceasse sem peixe!

...

 E a cada um o Grão-Duque, escarlate, mostrava com dedo trágico, no fundo da cova, o seu peixe! Todos afundavam a face, murmuravam: ”lá está!” Todelle, na sua precipitação, quase se despenhou. O periquito descendente de Coligny batia as asas, granindo: - “Que cheiro ele deita, que delícia!” Na copa atulhada os decotes das senhoras roçavam a farda dos lacaios. O velho caiado de pó de arroz meteu o pé num balde de gelo, com um berro ferino. E o Historiador dos duques de Anjou movia pôr cima de todos o seu nariz bicudo e triste.

De repente, Todelle teve uma idéia!

-É muito simples... É pescar o peixe!

...

No entanto S. Alteza pescava com fervor! Mas debalde! O gancho, pouco agudo, sem pressa, bamboleando na extremidade da guita frouxa, não fisgava.

-Ó Jacinto, erga essa luz! - gritava ele inchado e suado. - Mais!... Agora! Agora! É na guelra! Só na guelra é que o gancho o pode prender. Agora... Qual! que diabo! Não vai!

Tirou a face do poço, resfolegando e afrontado. Não era possível! Só carpinteiros, com alavancas!... E todos, ansiosamente, bradamos que se abandonasse o peixe!

...

Eça de Queirós, A Cidade e as Serras

{#emotions_dlg.default}

 

O que preparar:

  1. 4 tranches de pescada;
  2. 100g de pasta de azeitona ( ou azeitona triturada);
  3. 50g de broa de milho esfarelada ( só o miolo);
  4. 200g de espinafres;
  5. azeite, sal a gosto.

Como preparar:

Temperar a pescada com um fio de azeite e sal. Misturar a pasta de azeitonas ( que pode ser feita triturando-as) com a broa, um fio de azeite e umas pedras de sal até obter uma pasta.

Cubrir uma das faces da pescada com esta pasta e levar ao forno a cozinhar a 160ºC apenas com a resistência de cima ligada. O peixe deverá ficar junto à resistência de molde a que a crosta fique crocante. Deixar ficar no forno cerca de 15´, dependendo do tamanho das tranches.

Numa frigideira com um fio de azeite e dois dentes de alho esmagados, saltear rapidamente os espinafres.

Escorrer o excesso de água daqueles e servir com a pescada acabada de cozinhar. Poderá ser ainda ter como acompanhamento batatinha cozida com casca.

Mãos à obra.


Receita da autoria do Chef José Avillez

publicado por Maria às 18:10
De Joana a 15 de Janeiro de 2013 às 19:50
Gostei imenso da sugestão:)
Essa crosta por cima da pescada deve ser deliciosa!

Beijinhos,
Joana
De Maria a 15 de Janeiro de 2013 às 21:36
Olá Joaninha,
Ainda bem que gostaste. A crosta aqui é o "segredo " do prato.
Beijinhos
Maria
De Rosa Santos a 15 de Janeiro de 2013 às 20:08
Olá Maria!
Ideia genial que deve ter saído magnifica e com vantagens. leve, saudável e saboroso.
Espero que a mensagem de ontem  tenha entrado é que eu esqueci de preencher os meus dados.
Um grande beijinho .
De Maria a 15 de Janeiro de 2013 às 21:35
Rosa, querida amiga, a mensagem entrou e eu respondi.
Ainda bem que gostaste da receita.
Beijinhos
Maria
De Sonia alegre a 15 de Janeiro de 2013 às 20:31
Maria, gostei desta receita :-). Uma excelente forma de comer peixe!
De Maria a 15 de Janeiro de 2013 às 21:34
Pois é Sónia, comemos peixe sem nos lembrarmos que o é. As receitas do Chef Avillez são todas assim: deliciosas.
Beijinhos
Maria
De Bombom a 15 de Janeiro de 2013 às 22:15
Ao ler o teu texto fiquei logo de "orelhas arrebitadas" para ver se se estavam em mais um "Convidei para Jantar", mas parece que me enganei. De qualquer modo, a tua receita de Pescada em Crosta de Azeitonas, merece este magnífico enquadramento real, ao jeito de Eça de Queirós!
As azeitonas dão um sabor especial a estes pratos de forno. Vou levar mais uma receitinha! Obrigada pela partilha. Bjs. Bombom
De Maria a 16 de Janeiro de 2013 às 19:03
Agora achei graça pela confusão que te gerou o texto introdutório. Como sabes é do Eça e de uma das minhas obras favoritas deste autor. já o li e reli uma série de vezes.
Quanto ao peixe, é uma maneira saborosa de o confeccionar.
Beijinhos, querida amiga.
Maria


De Marta a 16 de Janeiro de 2013 às 16:04
Olá Maria!
Para mim, basta tirar as azeitonas! Excelente sugestão.
Beijinhos
De Maria a 16 de Janeiro de 2013 às 19:04
OOh, Marta, não gostas de azeitonas? E eu que gosto tanto... 
Bem, mas não podemos todos gostar do mesmo pois senão seria uma desgraça.
Beijinhos grandes
Maria
De gina a 16 de Janeiro de 2013 às 17:57
Amiga Maria
Esta crosta com azeitonas deve ter dado um sabor especial ao peixe .
Gostei muito. Além do que deu-lhe uma bela apresentação. Estou levando a crosta para por no meu peixe...ah,ah!!
Beijinhos
De Maria a 16 de Janeiro de 2013 às 19:05
Gina, minha querida, tu só podes comer a crosta. o peixe tem mesmo de ficar para outra pessoa.
Beijinhos minha querida
Maria
De Isabel a 17 de Janeiro de 2013 às 22:38
Minha linda Maria,


Essa pescada tem um aspecto maravilhoso... até para quem não gosta de peixe não iria resisitir certamente... o Chef é que sabe ! ;-)


Adorei esta tua sugestão tão saudável, a broa e as azeitonas deram-lhe um toque muito elegante, adorei esta idéia e também ficou lindamente acompanhada pelos espinafres ! :-)


Beijinhos
De Maria a 18 de Janeiro de 2013 às 20:21
Querida Isabel, tal como dizes, o Chef é que sabe. Não fosse o Chef Avillez!
Beijinhos
Maria
De lia a 18 de Janeiro de 2013 às 10:39
Que excerto lindo Maria e que pratinho delicioso este. Adoro pasta de azeitonas e acho que com peixe, combina que é uma maravilha. Adorei a receita.
Beijocas querida,
Lia.
De Maria a 18 de Janeiro de 2013 às 20:22
É muito boa, Lia. Está nas nossas revistinhas.
Beijinhos querida amiga
Maria

Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
16
17
20
21
22
24
25
26
29
31
últ. comentários
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
De facto cavala e sarda não são o mesmo peixe, as ...
Top blogs de receitas
blogs SAPO