Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
15
16
19
23
26
28
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
21
Jun
13
A cozinha portuguesa é tão rica e nutritiva que é uma pena por vezes esquecermo-nos das nossa riquezas grastronómicas. A caldeirada de peixe, por exemplo, onde aproveitamos o belo peixe fresco que a nossa costa nos oferece, os tomates, pimentos, batatas novas e ervas assim como o bom azeite que a nossa terra nos presenteia, é um prato tão naturalmente saudável e tão magnificamente saboroso e que muitas vezes é esquecido nos roteiros gastronómicos de Portugal. 
O Paulo Herculano pediu-nos uma receita saudável para concorrermos ao seu desafio comemorativo da 100º postagem. Achei que com um prato tão típico da nossa terra e tão saudável quer pelos ingredientes, quer pelo modo como e confecionado seria uma boa representação do tipo de comida que pede. Aqui está então uma caldeirada de peixe.
O que preparar:
  1. 1 posta de corvina;
  2. 2 postas de salmão;
  3. 6 camarões e algumas ameijoas;
  4. 1/2 pimento;
  5. 1 cebola grande;
  6. 4 tomates grandes e bem maduros;
  7. 6 batatas novas;
  8. 1 ramo generoso de salsa;
  9. 0,5dl de bom azeite;
  10. 4 folhinhas de manjericão;
  11. sal e pimenta a gosto.

Como preparar:

Como certamente repararam eu não utilizo os peixes tradicionais de caldeirada como a raia, cação ou safio pois não aprecio. Em substituição, uso postas de peixe de grande porte. Arranjo-as retiranto a pele e espinhas pois acho muito desagradável comermos caldeirada com peixe com as espinhas.

Assim, arranjar as postas dos peixes de molde a que fiquem sem pele e espinhas. Partir cada posta em 4. Lavar os camarões e retirar-lhes a tripa dorsal que pode ser tóxica. Lavar bem as ameijoas. Descascar a cebola e batatas.Partir a cebola em fatias finas, as batatas em rodelas grossas e os tomates em rodelas grossas também. Partir o pimento em tiras finas.

Num tacho larho, dispor rodelas de cebolas e regar com um pouco de azeite. Colocar rodelas de tomate, rodelas de batata e algusn pedaços de peixe. Temperar com um pouco de sal, pimenta e colocar algumas folhas de salsa e manjericão. Repetir a operaçaõ de sobreposição em camadas de todos os ingredientes terminando com as batatas. Regar com o restante azeite, temperar com mais um pouco de sal e pimenta e levar ao lume, com o tacho tapado. O lume deverá ser muito brando para a caldeirada cozer no vapor dos ingredientes e os sabores se fundirem. Passados 15 minuros, colocar as ameijoas e os camarões e voltar a tapar. Deixar acabar de cozer em lume brando durante cerca de mais 45 minutos. O cheiro que este preparado emana é indescritível mas delicioso.

Servir com fatias de pão saloio torrado.

Esta receita aprendi a fazer,há muito tempo, com o saudoso Chefe Silva.

Mãos à obra.

publicado por Maria às 19:14
De Paulo Herculano a 21 de Junho de 2013 às 19:48
Maria, está com muito bom aspeto, uma ótima participação. Falta o pão para estragar a refeição, mas para acompanhar um caldeirada é essencial :D


Beijos
De Rosa Santos a 21 de Junho de 2013 às 21:32
Maria querida!
que generosa e agradável caldeirada do grande mestre. Boa sugestão para um almoço de degustação, sem pressas nem compromissos.
Beijinho querida amiga. 
De Mena Lopes a 21 de Junho de 2013 às 21:56
Eu fiquei aqui a babar enquanto te lia, Maria.
E bem dizes o saudoso Chefe Silva! Lembro me de estar por casa, e há hora que davam programas com ele, nao permitir que me chateassem!!
Mas sabia eu, que um dia me ia servir!! E serviu e continuará a servir!
E sempre que fazes alguma coisa, eu fico aqui babada!! E ainda por cima estas coisas, que me lembram sempre a comida da minha Mãe! É que a comida da Mães é a melhor do Mundo!!!
Vou pegar no cheese e vou a caminho!!
Beijinhos,
Mena e Pintainhos.
De Leonor Cerveira a 21 de Junho de 2013 às 22:29
Olá...
Eu adoro todas caldeiradas :).... A tua está com fantástico aspecto :D....Vou a caminho...
Beijocas e bom fim de semana
Leonor


http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/ (http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/)
De Ginja a 22 de Junho de 2013 às 15:44
Quando era pequena não achava piada à caldeirada.
Mas os gostos vão mudando e vamos aprendendo a saborear as coisas boas!
E com o nosso peixe tão bom, há que fazer caldeiradas!
Adoro de raia e lulas :) E a tua está perfeita!
Um beijinho.
De Rui a 30 de Novembro de 2016 às 03:53
Parece impossível a sra classificar como peixe da nossa costa o salmão para alem de ser um peixe sem qualquer interesse e ser altamente prejudicial à saúde.

Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
15
16
19
23
26
28
30
últ. comentários
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
De facto cavala e sarda não são o mesmo peixe, as ...
Top blogs de receitas
blogs SAPO