Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Posts mais comentados
09
Nov
12

A plenitude extraordinaria da minha satisfacao com respeito aos resultados positivos de uma qualquer receita culinaria que decido executar, fazem de mim uma mulher feliz, so sendo superada pelo prazer da antevisao das expressoes de agrado dos que a irao provar.

Ao evadir-me da vida quotidiana quando estou absorta nos meandros  da cozinha, fazem-me sentir que vivo, nessa altura, belos momentos.

Alguns livros de culinaria sao, seguramente, um salvo conduto para uma cozinheira amadora como eu, receber honras de uma verdadeira Chef.

E o caso do livro Baking From My Home to Yours da Dorie Greenspan, que impulsionou a formacao de um grupo fantastico , cujos membros sao as Dories e onde cada membro novo e acolhido muito gentilmente,  que trabalham em conjunto, quinzenalmente, para que o Dorie as Sextas seja um sucesso.

Esta quinzena a receita eleita foram estes Miffins encantadores e completamente viciantes.

Espreitem:

O que preparei: 

  1. 2 cup. farinha de trigo branca
  2. 2 colheres de cha fermento químico em pó
  3. 1/4 colher de  chá bicarbonato de sódio
  4. 1/4 colher de cha de sal
  5. 3/4 colheres de cha de canela em pó
  6. 1/2 colheres de cha de gengibre em pó
  7. 1/8 colher de cha noz moscada ralada
  8. 1 pitada de pimenta-da-jamaica moída
  9. 120g (8 colheres de sopa) de manteigal, a temperatura ambiente
  10. 1/2 cup de açúcar branco
  11. 1/4 cup de açúcar mascavo claro,
  12. 2 ovos
  13. 1/2 colher de cha extrato natural de baunilha
  14. 3/4 cup de pure de abóbora sem tempero
  15. 1/4 cup de buttermilk (1/4 cup de leite + 1 colher de sobremesa de limao ou vinagre)
  16. 1/2 cup de uvas passas
  17. 1/2 cup de nozes
  18. sementes de girassol para polvilhar

Como preparei:

Pré-aqueci o forno a 200ºC. Usei forminhas de silicone, por isso nao as untei. Caso se use formas de matal, ha essa necessidade, de as untar com manteiga e farinha.. 

Numa tigela, misturei com varas de arame a farinha, o fermento, o bicarbonato, sal e todas as especiarias. Reservei.

Na tigela da batedeira  e com a pa, bati a manteiga por 1 minuto em velocidade média, até que ficar cremosa. Juntei os açúcares e bati por vários minutos, até que a mistura ficasse homogenea e clara. 

Juntei um ovo de cada vez, batendo por 1 minutos após cada adição, até que os ovos ficassem bem incorporados. Juntei a baunilha.

Diminui a velocidade e misturei a abóbora e a buttermilk.

Com a batedeira em velocidade baixa, juntei os ingredientes secos gradualmente e bati apenas até não se veja mais farinha na massa. A massa, nesta altura, nao devera ser muito batida. 

Com a espátula, juntei as passas e as nozes. Dividi a massa pelas forminha e polvilhei com as sementes de girassol. 

Foi ao forno cerca de  por  30'. Testei se estavam cozidos usando um palito que saiu seco apos ter sido introduzido num dos bolinhos.

Retirei do forno e deixei arrefecer ainda na forma por 10 minutos. Desenformei e deixei-os na grelha ate arrefecerem.

O creme de abobora, as especiarias, os frutos adicionados, conferem a estes bolinhos um sabor muito agradavel. Receita aprovada e que sera repetida muitas vezes ca por casa.

Alias, como estes bolinhos sabem a Natal, farao parte da nossa mesa.

Maos a obra.

publicado por Maria às 07:25
21
Dez
11

 

Com açúcar e canela                                      Com calda

 

 

 

Há zonas de Portugal, onde os fofos de abóbora começam a fazer-se por altura do S.Martinho e a sua preparação vai-se repetindo nos dias festivos até à altura do Carnaval.

Estes bolinhos são realmente muito fofos e fáceis de preparar.

Mais uma sugestão para a mesa de Natal.

 

O que preparar:

 

  1. 1kg de abóbora;
  2. 60g de farinha de trigo;
  3. 50g de açúcar;
  4. 3 ovos;
  5. 1 laranja;
  6. 1 colher de chá de fermento em pó;
  7. Óleo para fritar;
  8. Açúcar e canela para polvilhar e/ou esta calda

 

Como preparar:

 

Descascar a abóbora e levá-la a cozer em água temperada com pouco sal. Quando cozida, passa´-la num passador, triturar e deitar este puré num pano, espremendo, para extrair toda o líquido.

Deitar  numa tigela e juntar a raspa de laranja, metade do sumo da mesma, o açúcar, Mexer bem e juntar as gemas de ovo. Tornar a mexer e por fim juntar a farinha e o fermento.

Levantar as claras em castelo firme e juntar ao preparado anterior, com cuidado.

Levar ao lume uma frigideira com óleo em abundância e, quando estiver quente, ir deitando colheradas com uma colher de sopa. Os fritos devem “nadar” no óleo quente para ficarem redondinhos.

Ir retirando com uma escumadeira e polvilhá-los com açúcar e canela ou mergulhá-los em calda.

Eu fiz das duas formas( ver fotos). Assim, toda a gente fica satisfeita.

 

Mãos à obra.

 

publicado por Maria às 18:19
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
últ. comentários
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
De facto cavala e sarda não são o mesmo peixe, as ...
Top blogs de receitas
blogs SAPO