Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Posts mais comentados
18 comentários
9 comentários
6 comentários
6 comentários
4 comentários
23
Jan
13
O bacalhau espiritual é das minhas formas favoritas de comer o fiel amigo. Porém, as receitas que tinha eram tão trabalhosas e deixavam-me tão cansada que evitava fazer. Até que descobri esta receita tão simples, tão rápida e tão saborosa que corri aqui a vir partilhá-la convosco. Confiram o que vos digo.
O que preparar:
  1. 500g de bacalhau cozido, desfiado, limpo de peles e espinhas;
  2. 200g de cebola picada;
  3. 100g de cenoura ralado;
  4. 1 folha de loureiro;
  5. 3 dentes de alho picados;
  6. 300g de molho branco feito com a água onde cozeu o bacalhau;
  7. quijo ralado, azeite, sal e pimenta a gosto.

Como preparar:

Refogar em azeite a cebola, os alhos, a cenoura e a folha de loureiro. Juntar o bacalhau desfiado e envolver bem.

Acrescentar o molho branco. Envolver o bacalhau com o molho e corrigir temperos. 

Colocar num prato de ir ao forno, polvilhar com queijo ralado e levar ao forno a 160ºC aproximadamente 20´para aquecer e gratinar. 

Servir de imediato se possível com uma salada verde.

 

Para o molho branco:

300ml de leite; 2 colheres de sopa de farinha; 2colheres de sopa de manteiga; sal, pimenta e noz moscada a gosto.

 

Derreter a manteiga, juntar-lhe a juntar a farinha e mexer bem até obter uma pasta homogénea. Ainda ao lume, acrescentar o leite em fio batendo contantemente para não queimar. Deixar cozer a farinha por alguns minutos e temperar no fim com sal, pimenta e noz moscada.

 

Mãos à obra.

publicado por Maria às 20:23
23
Nov
12

Reza a historia que  um taberneiro de Lisboa, seu nome Braz, num momento de inspiracao ou, qui ca, querendo aproveitar sobras de refeicoes, se lembrou de juntar bacalhau desfiado a batatas fritas e a ovos mexidos. Nasceu assim o tao afamado " Bacalhau a Braz", com um "z" pois naquela epoca era assim que se escrevia o nome do dito.

Refiro ainda que em Macau, por influencia dos portugueses, evidentemente, o Bacalhau a Braz e um dos pratos mais procurados nos restaurante.

Com o passar do tempo, foram-se adicionando mais ingredientes, nomeadamente a cebola. Porem, ha quem afirme que, quando este prato leva cebola deixa de ser o Bacalhau a Braz para ser o Bacalhau a Lisbonense. Partilho hoje aqui essa receita, a do "Bacalhau a Lisbonense".

O que preparar:

  1. 1 dl de azeite;
  2. 1 dente de alho picado;
  3. 1 cebola cortada em meias luas fininhas;
  4. 1 folha de loureiro;
  5. 600g de bacalhau;
  6. 1 Kg de batatas;
  7. 6 ovos;
  8. 1 colher de sopa de manteiga;
  9. salsa picada, azeitonas e pimento marrone e pickles ou alcaparras.

Como preparar:

O bacalhau deve estar bem demolhado, escorrido de peles e espinhas e desfiado.  As batatas deverao estar cortadas em palitos fininhos, em palha e fritas, sem secarem muito.

Numa frigideira deitar o azeite, o dente de alho picado e a cebola. Deixar refogar em lume medio, mexendo ocasionalmente. Quando alourar, deitar o bacalhau e ir mexendo durante 2' sobre o lume. Juntar em seguida as batatas fritas e mexer com cuidado. Juntar a manteiga. Bater os ovos numa taca a parte e juntar ao preparado. Ir mexendo e deixar cozer ate atingir o ponto desejado, nao deixando secar.

Despejar numa travessa e decorar com azeitonas, tiras de pimentos, salsa e pickles ou alcaparras.

Servir de imediato.

Nota : Esta receita podera ser confeccionado com outro qualquer peixe cozido e desfiado. Fica igualmente muito saboroso e e receita de sucesso garantido.

Maos a obra.

publicado por Maria às 08:00
17
Set
12

http://saberescomsabores.blogspot.pt/2012/09/receita-de-pataniscas-e-muitos-parabens.html

 

publicado por Maria às 07:57
30
Ago
12

http://nacozinhadapipas.blogspot.pt/2012/08/bacalhau-ou-paloco-bras.html

 

publicado por Maria às 21:22
28
Mai
12

Quando era miúda, a minha mãe fazia esta salada fresca e nós lá em casa comíamos com muita satisfação. Outro dia, ao folhear as minhas bíblias gastronómicas que consistem em dois livros de uma compilação de  Tele - Culinárias do tempo do Chefe Silva, dei lá com esta receita. Aliás, já tinha dado com ela antes mas ainda não me tinha disposto a fazê-la. Foi desta vez, num dia em que não me estava a apetecer cozinhar nem sabia bem o que fazer para o jantar de um fim de dia muito quente, que me propus por esta iguaria na mesa da família. Foi um sucesso.

 

O que preparar:

 

  1. 2 postas de bacalhau salgado e não demolhado;
  2. 1 pimento;
  3. 4 ovos;
  4. 1 cebola;
  5. 3 dentes de alho;
  6. 2 tomates maduros mas firmes:
  7. 4 folhas de alface;
  8. Algumas azeitonas e salsa a gosto.

 

Como preparar:

 

Desfiar as postas de bacalhau e passar por várias águas, espremendo bem em cada passagem. Assar o pimento e cortá-lo e tiras fininhas. Cortar a cebola em fatias finas e picar os dentes de alho. Cozer os ovos em água temperada com sal e, quando frios e descascados, parti-los em rodelas. Partir os tomates em cubos pequenos e lavar bem as folhas de alface e parti-las grosseiramente.

 

Deitar todos os ingredientes numa taça, excepto as folhas de alface, e misturar bem. Temperar com azeite e vinagre branco, salpicar com salsa e decorar com algumas azeitonas e com as folhas de alface. Fica pronto a servir.

 

Mãos à obra.

 

publicado por Maria às 08:00
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
últ. comentários
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
De facto cavala e sarda não são o mesmo peixe, as ...
Top blogs de receitas
blogs SAPO