Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
21
Fev
12

 

Este prato apesar de ter 2 ou 3 etapas é muito fácil de preparar e bastante agradável. É também económico o que é bastante conveniente, quer nesta altura que tanto tememos a crise, quer noutra altura qualquer que, mesmo que aquela não esteja presente, deveremos, por uma questão de bom senso, salvaguardar o binómio preço/qualidade.

 

 

 

 

O que preparar:

 

  1. 1kg de batatinha nova pequena;
  2. 4 bifes de peru cortados finamente;
  3. Pão ralado, ovo e farinha para panar os bifes;
  4. 1 limão;
  5. 1 dente de alho;
  6. 1 clementina;
  7. 1 fio de azeite;
  8. 25g de margarina e óleo de girassol para fritar os bifes;
  9. Sal e pimenta a gosto.

 

Como preparar:

 

Temperar os bifes de peru com sal, pimenta, o dente de alho descascado e fatiado e o sumo de limão. Deixar tomar gosto pelo menos durante 1 hora.

 

Lavar bem as batatas e levá-las a cozer em água temperada com sal, não as deixando, porém, cozer na totalidade; quando estiverem meio cozidas, retirá-las para um tabuleiro e esmagá-las ligeiramente com um esmagador de batatas. Deverão ficar inteiras mas ligeiramente “esborrachadas” – esta acção é para impregnarem melhor o tempero. Temperá-las com sal, pimenta, um fio de azeite e a raspa da clementina bem como o sumo de metade da mesma.  Levar o tabuleiro com as batatas ao forno médio (180ºC) durante cerca de 30’.

 

Entretanto, preparar 3 recipientes : o 1º com farinha, o 2º com ovo batido e o 3º com pão ralado.

 

Levar a aquecer a manteiga e o óleo numa frigideira e fritar os bifes que foram passados pela farinha, ovo e finalmente pelo pão ralado. Quando estiverem fritos, reservar num prato e regar com um pouco de sumo de limão.

 

Servir com as saborosas batatinha e um produto qualquer de horta. Eu servi com feijão verde cozido.

 

Mãos à obra.

 

tags: ,
publicado por Maria às 08:00
20
Fev
12

O red fish é um peixe bastante económico que pode ser comprado fresco ou congelado e resulta sempre em pratos muito agradáveis. A receita que hoje apresento foi confeccionado com o peixe congelado.

 

O que preparar:

 

  1. 4 red fish pequenos;
  2. 1 cebola;
  3. 3 dentes de alho;
  4. 1 ramo de rosmaninho;
  5. 0,5 dl de azeite;
  6. 0,5 dl de vinho branco;
  7. 1 colher de chá de pimentão doce em pó;
  8. 1 lata pequena de tomate pelado;
  9. 3 batatas doces grandes;
  10. Sal e pimenta a gosto.

 

Como preparar:

 

Deixar descongelar os peixes, lavá-los bem e dar-lhes um golpe nos lombos. Temperar com sal, pimenta.

 

Num tabuleiro de ir ao forno, fazer uma cama com a cebola cortada em rodelas, os dentes de alho e o tomate cortado em pedaços. Dispor por cima os peixes e polvilhá-lo com o pimentão doce. Regar com o azeite, o vinho branco e dispor por cima o raminho de rosmaninho.

 

Levar ao forno médio ( 180ºC) e ir regando com o molho. Entretanto, lavar muito bem as batatas doce e cortá-las em rodelas grossas. Temperá-las com sal e pimenta.

 

Passados 20’ do peixe estar no forno, colocar no mesmo tabuleiro as batatas doce e levar novamente ao forno. Deverá estar no forno mais cerca de 20’, ou seja, no total, o peixe deverá estar 40’ e as batatas, que entram a meio da cozedura do peixe, deverão estar 20’.

 

Mãos à obra.

 

tags: ,
publicado por Maria às 08:00
04
Fev
12

Hás vezes acho uma pena que, assim como podemos transmitir as imagens dos cozinhados que fazemos, não possamos, igualmente, transmitir o cheirinho bom que exalam.

 

É o caso destas batatinhas que aprendi a fazer no Natal de 2010, num programa televisivo dedicado a esta quadra e apresentado pelo Jamie Oliver.

 

São deliciosas e, durante alguns meses fi-las com muita frequência. A minha irmã adora-as e pediu-me a receita. Não sei se lhe cheguei a dar… Se não dei, aqui está ela.

 

 

 

O que preparar:

 

  1. Batatas descascadas e cortadas em 4, ao alto;
  2. Azeite a gosto;
  3. Folhinhas de alecrim, a gosto;
  4. Sal e pimenta, a gosto.

 

 

 

Como preparar:

 

Colocar as batatas numa panela com água fervente e com um pouco de sal. Deixar cozer as batatas só até meio da sua cozedura ideal, devendo estar um pouco rijas.

 

Escorrer a água, colocar as batatas numa taça de ir ao forno e temperar com sal fini, pimenta acabada de moer e folhas de alecrim fresco.

 

Regar com azeite mas sem exagerar. Levar ao forno quente, a 200ºC, durante cerca de 40’.

 

As batatas devem ficar lourinhas e crocantes nas “arestas” e “vértices”.

 

São óptimas para acompanhamento de carnes, peixes ou, simplesmente, uns ovos mexidos.

 

Mãos à obra.

 

 

 

publicado por Maria às 08:00
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
últ. comentários
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
De facto cavala e sarda não são o mesmo peixe, as ...
Top blogs de receitas
blogs SAPO