Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Posts mais comentados
17
Jun
13
Sabem o que mais me atrai nas beringelas? A cor! Fico completamente e extasiada com a tonalidade arrebatadora deste fruto. Quando as vejo à venda trago sempre 2 ou 3 para casa mesmo sem qualquer projecto culinário. 
Quanto a risottos, bem, quanto a esse cremoso, macio e aromático arroz julgo já ter dado provas suficientes da minha ligação incondicional, através de outras publicações.
Juntei os dois e resultou nessa belíssima refeição e conómica, saudável e excepcionalmente saborosa.
O que preparar:
  1. 2 beringelas pquenas ou 1 grande;
  2. 1 cebola;
  3. 2,5 cup de caldo de legumes ou galinha ( usei galinha);
  4. 1 tomate bem maduro;
  5. 1/2 cup de vinho tinto de boa qualidade;
  6. 1 colher de sopa de azeite;
  7. 1,5 cup de arroz carolino;
  8. 2 colheres de sopa de manjericão cortado finamente;
  9. 1/3 de cup de parmesão ralado;
  10. pimenta preta moida na hora;
  11. 1 colher de sopa de manteiga;
  12. 1 casca de queijo parmesão - opcional.

Como preparar:

Colocar o caldo, o vinho e o tomate partido em cubos numa caçarola e levar ao lume médio. Deixar ferver. Picar a cebola e levá-la a fritar no azeite. Deitar o arroz e deixar fritar, sem mexer. Se usar a casca do queijo parmesão, devará juntar nesta altura ao arroz. Ir acrescentando aos poucos a mistura do caldo quente, deixando o arroz absorver o caldo quase na totalidade, por cada adição. Repetir a operação de adição do caldo até o arroz ficar cozido mas firme e cremoso. Quando estiver pronto, juntar o parmesão, o manjericão e a pimenta, bem como a colher de manteiga. Mexer com muito cuidado para não amassar o arroz e deixar descansar cerca de 2 minutos.

Enquanto faz o risotto, deverá lavar as beringelas, cortálas em fatias com casca e besuntá-las com azeite. Levar uma frigideira ou grelhador ao lume forne e grelhar as fatias de beringela até alourarem.

Dispor no prato algumas fatias de beringela e sobre estas deitar uma colher de risotto. Polvilhar com queijo parmesão ralado e servir. É delicioso.

 

O risotto também pode ser feito na Thermomix/Bimby, da seguinte forma:

Colocar no copo a cebola e marcar 5 seg vel 5. Deitar o azeite e marcar 5 min , temp 100ºC, vel 1. Deitar o caldo, o vinho, o tomate, a casca de queijo se usar, o arroz e temperar de sal. Marcar 15 min, temp 100ºC na veloc colher inversa. Ao fim deste tempo, juntar a manteiga, o queijo e a pimenta bem como o manjericão e marcar 1 minuto, temp 100ºC, vel colher inversa. Deixar descansar 2 minutos e servir.

 

Receita adaptada do livro " Cozinha rápida para saborear davagar" da Donna Hay.

 

E com esta receita que muito aprecio participo no desafio do blog The Wild Kitchen que nos pede comidas saudáveis. 

publicado por Maria às 22:10
16
Mai
12

Esta receita adaptada de uma da autoria do Chef José Avillez, é uma verdadeira delícia e, apesar de parte dela ser feita no forno, é um prato muito apropriado para estes dias quentes. Espero que gostei pois, cá em casa, foi muito apreciada e elogiada.

 

O que preparar:

 

Para o atum:

 

  1. Um lombo de atum fresco com cerca de 600g;
  2. Sementes de sésamo qb;
  3. Azeite e sal a gosto.

 

Para a terrina de beringela:

 

  1. 200g de beringelas ou courgetes;
  2. 2 ovos;
  3. 100ml de natas;
  4. 150g de parmesão ralado;
  5. 200g de pão ralado especial ( pão ralado com casca de limão, alho, salsa e quijo parmesão e temperado com sal e pimenta);
  6. 50g de miolo de noz grosseiramente picada;
  7. Manteiga e pão ralado a gosto.

 

Para a redução de balsâmico:

 

  1. 250ml de vinagre balsâmico.

 

 

 

Como preparar:

 

Limpar o lombo de atum, retirando as partes mais escuras se as houver. Cortar em paralelepípedos com 2,5 cm de largura por 2cm de altura, sensivelmente. Temperar com sal. Passar pelas sementes de sésamo e fritá-los num fio de azeite bem quente marcando os 4 lados rapidamente mas não marcando as extremidades. Reservar.

 

Para preparar a terrina, colocamos um tacho com água ao lume e, quando começar a ferver, colocar a beringela, previamente descascada e cortada aos cubos, deixando ferver cerca de 7’. Retirar e escorrer bem. Numa frigideira, saltear a beringela num fio de azeite, polvilhar com pão ralado e misturar até perder a humidade.

 

Adicionar o queijo ralado e mexer novamente.

 

Colocar esta mistura numa tigela e juntar as natas, os ovos batidos e as nozes picadas. Misturar bem e corrigir os temperos com sal e pimenta.

 

Untar uma terrina com manteiga, forrá-la com pãp ralado e verter por cima a mistura. Fecahar com papel de alumínio e levar ao forno , em banho Maria, a 160ºC durante 30’. Retirar o papel de alumínio e deixar no forno mais 15’.

 

Num tachinho, colocar o vinagre balsâmico e levar ao lume a ferver, lentamente, até reduzir para um terço e ficar um líquido grosso.

 

Servir os lombos cortados em fatias, regados com o vinagre balsâmico reduzido e acompanhados com tirar da terrina de beringela.

 

Mãos à obra.

 

publicado por Maria às 08:00
27
Mar
12

Uma forma de não comer carne nem peixe mas nem por isso deixar de ter uma refeição deliciosa, é o que trago hoje e o que foi o meu jantar de Domingo.

 

O que preparar:

 

  1. 2 beringelas;
  2. 2 ovos;
  3. Farinha para panar;
  4. Semolinho ;
  5. 2 latas de tomate pelado;
  6. 2 latas de tomate passado;
  7. 3 dentes de alho;
  8. 0,5dl de azeite;
  9. 4 colheres de sopa de açúcar;
  10. 5 folhas de manjericão fresco;
  11. Queijo parmesão e 2 mozzarella frescos ;
  12. Sal e pimenta a gosto.

 

Como preparar:

 

Começar por tirar a casca às beringelas, cortá-las em rodelas e colocá-las num passador com bastante sal (esta operação ajuda a desidratar as beringelas).

 

Fazer o molho Marinara da seguinte forma: ralar os 3 dentes de alho para uma caçarola, deitar o azeite e levar ao lume a alourar, sem queimar. Deitar as 2 latas de tomate pelado bem como as 2 latas de tomate passado. Acrescentar as 4 colheres de sopa de açúcar (1 colher por cada lata de tomate), 50g de queijo parmesão ralado, as folhas de manjericão picadas e temperar de sal e pimenta preta acabada de moer. Deixar este molho cozinhar durante cerca de 30’. Ao fim deste tempo, acrescentar mais uma filhinhas de manjericão grosseiramente picadas e parmesão ralado.

 

Entretanto, preparar 3 recipientes lado a lado, um com farinha, outro com o ovo mexido misturado com um pouco de parmesão e o terceiro com o semolinho. Colocar uma frigideira com óleo vegetal a aquecer e quando estiver à temperatura ideal de fritura, colocar as rodelas de beringela que foram passadas pela farinha, ovo e semolinho.

 

Partir os queijos mozzarella em fatias . Agora, é montar o tabuleiro para ir ao forno:

 

Colocar alguma Marinara no fundo de um tabuleiro de ir ao forno mas sem cobrir totalmente. Fazer uma camada com rodelas de beringela sem as sobrepor. Cobrir com Marinara e polvilhar este com bastante parmesão formando uma camada fina. Por cima dispor metade das fatias de mozzarella. Tornar a fazer uma camada com as rodelas de beringela, colocar por cima o molho marinara,por cima o parmesão e terminar com o ozzarella.

 

Levar ao forno a 200ºC cerda de 20’ sendo que os últimos 5’ accionar o grill.

 

Este  molho marinara que trago pode ser feito e guardado no frigorífico pois é utilizado em muitos pratos tal como bolonhesa, pizzas, ou simplesmente envolvido numa pasta como esparguete polvilhado com parmesão e folhas de manjericão fresco..

 

Mãos à obra

 

publicado por Maria às 08:00
18
Mar
12

Cá estou eu com outra delícia italiana.

 

A Pasta alla Norma é um prato tipicamente siciliano mais propriamente da província de Catania. Segundo reza a história, este prato, foi criado em homenagem à mais bela ópera dum filho da terra, o célebre compositor Vicenzo Bellini –“ La Norma”.

 

É um prato delicioso com poucos ingredientes e muito fácil de preparar.

 

O que preparar:

 

  1. 2 beringelas;
  2. 1 cebola branca;
  3. 0,5 dl de azeite;
  4. 3 dentes de alho;
  5. 1 lata de polpa de tomate;
  6. 1 colher de sopa de açúcar;
  7. Manjericão fresco a gosto;
  8. Queijo ricotta a gosto ( pode ser substituído por queijo feta);
  9. Farinha, ovo batido e semolinho qb;
  10. 400 g de uma pasta qualquer a gosto ( eu usei penne).

 

Como preparar:

 

Começar por descascar a beringelas, partindo uma em cubos e a outra em rodelas.

 

Deitar o azeite numa frigideira e colocar a cebola cortada em rodelas finas e os alhos ralados. Deitar sal e pimenta e deixar caramelizar.

 

Juntar os cubos de beringela e deixar fervilhar um pouco, mexendo ocasionalmente. Deitar de seguida a polpa de tomate, o açúcar  e folhas de manjericão frescas picadinhas. e deixar cozinhar durante cerca de 15 a 20’.

 

Entretanto cozer a pasta em água temperada com sal.

 

Passar as rodelas de beringela por farinha, ovo batido e semolinho. Fritar em óleo quente ou levar ao forno a alourar. Quando cozinhadas, temperar com sal e pimenta.

 

Quando a pasta estiver cozida, escorrê-la bem e juntar-lhe o molho de tomate e beringela. Salpicar com queijo ricotta .

 

Servir de imediato acompanhada de rodelas de beringela fritas partidas ao meio.

 

Uma delícia.

 

Mãos à obra.

 

publicado por Maria às 08:00
04
Dez
11

Pode servir-se como uma entrada ou como o prato principal se tiver um acompanhamento. Eu fiz como prato principal, acompanhadas com Gnocchi.

 

O que preparar:


1.        2 beringelas com a casca lisa e brilhante;

2.        ½ cebola;

3.        2 colheres de sopa de margarina;

4.        2 bons tomates maduros;

5.        100g de fiambre;

6.        3 ovos;

7.        .Sal, pimenta e noz moscada, a gosto;

8.        1 raminho de coentros;

9.         Queijo parmesão ralado.

 

Como preparar:


Lavar bem as beringela e cortá-las ao Maio, no sentido do comprimento. Levá-las ao forno a 180ºC para cozer a polpa, o que leva cerca de 30”.

Escaldar os tomates em água a ferver para lhes tirar a pele e sementes. Parti-los em bocadinhos e pôr a escorrer; partir também em bocadinhos o fiambre.

Retirar as beringelas do forno, tirar-lhes a polpa com uma colher de sobremesa mas, com muito cuidado, de molde a deixar a casca intacta pois é a casca que vamos rechear.

Partir a polpa da beringela ao bocadinhos e reservar.

Levar ao lume a cebola picadinha e a margarina e deixar aquela amolecer. Juntar então o tomate, o fiambre e a polpa das beringelas. Deixar cozinhar 2 ' mexendo ocasionalmente. Bater os ovos e juntarem fio  ao preparado anterior, mexendo sempre. Temperar com sal, pimenta a noz moscada, juntar os coentros e deixar ao lume até ficar um preparado consistente.

Rechear as beringelas com este preparado, salpicar com queijo e levar ao forno cerca de 15'.

Servir com os gnocchi que deverão ser cozidos em água fervente temperada com sal, cerca de 2”,  regados de natas e salpicados de hortelã pimenta.

 

Mãos à obra.

publicado por Maria às 18:11
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
últ. comentários
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
De facto cavala e sarda não são o mesmo peixe, as ...
Hoje dia 03 de Março de 2015 fui à procura de uma ...
Top blogs de receitas
blogs SAPO