Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
25
Mai
12

Hoje trago uma comida de domingo. Porque é aos domingos que temos tempo e paciência para cozinharmos para quem mais gostamos e de saborear o resultado, sem horas, em amena cavaqueira entre uma garfada de comida e um gole de um vinho que guardamos para essas ocasiões.

 

O que preparar:

 

  1. 1 perna de borrego;
  2. 50g de queijo parmesão;
  3. 3 dentes de alho;
  4. Folhas de 5 pés de salsa;
  5. Sal e pimenta a gosto.
Para os espargos:

 

  1. 8 espargos;
  2. Azeite, queijo parmesão, pão ralado especial, sal e pimenta a gosto.

 

Como preparar:

 

No talho onde se comprar a perna de borrego, dever-se-á pedir para a desossarem e formarem depois um rolo com a ajuda de fio de cozinha.

 

Em casa, fazer pequenas incisões na carne com a ajuda de uma faquinha e introduzir pedacinhos de queijo parmesão, folhas de salsa e fatias de alho. Barrar a carne com sal e pimenta e levar ao forno 30’ a 230ºC (para criar uma crosta tostada no exterior) e depois baixar a temperatura para 170ºC deixando assar mais 1,5 hora. 

 

Retirar do forno, deixar descansar um pouco, retirar o fio e fatiar.

 

Enquanto a carne “descansa”, cortar os pés aos espargos e retirar-lhes a pele exterior que é muito fibrosa com a ajuda de um descascador de legumes. Alinhá-los num tabuleiro e regá-los com um fio de azeite. Temperar com sal e pimenta, polvilhar com queijo parmesão ralado no momento, e com pão ralado especial (pão fresco ralado com queijo parmesão, salsa, uma casca de limão, 2 dentes de alho, sal e pimenta).

 

Levar ao forno a 200ºC durante 7 a 10’ e por fim ligar um pouco o grill para tostar um pouco. Ficam deliciosos.

Quanto ao borrego, feito desta forma, fica com uma crosta tostadinha no exterior e fica muito sucolento por dentro, sem se sentir o sabor acentuado característico da carne de borrego, que nem sempre é agradável.

 

Mãos à obra.

 

 

 

publicado por Maria às 08:00
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
últ. comentários
pois ! No meu tempo (43/51, chumbei um ano), bat...
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
Top blogs de receitas
blogs SAPO