Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
19
Dez
12
É Natal e Natal pede comidas reconfortantes. Comidas de forno, apetitosas e saborosas, daquelas que enquanto cozinham emanam um cheirinho pela casa que, só de o sentirmos, nos sentimos felizes.
Esta receita que hoje trago, de cozimento lento e coberta com um delicioso crumble, é muito adequada para estes dias que se aproximam. 
É daqueles pratos que nos deixa tempo para a familia pois, depois dos preparativos iniciais, nao pensamos mais nela, ate sair do forno. Aí, bem, aí, espera-nos uma refeiçao tão deliciosa que apetece saborear devagar, sem pressas ficando no fim com muita pena que tenha terminado. 
O que preparar:
  1. 1 kg de pá de porco sem osso e cortada em cubos,
  2. 1 Cebola grande cortada em rodelas finas
  3. 2 Dentes de alho picados
  4. 3 c chá de vinagre de xerez
  5. 250 de chouriça em rodelas
  6. 1 c chá de sementes de funcho grosseiramente esmagadas
  7. 400g de tomate pelado em cubos
  8. 2 Pimentos em tiras
  9. Azeite q.b.
  10. 1 Copo de vinho branco

(para o crumble)

  1. 2 Fatias de pão duro ralado
  2. Raspa de 1 limão
  3. 1 Ramo pequeno de salsa picada
  4. Azeite q.b.
Como preparar:

Aquecer um pouco de azeite no wok e saltear a carne até dourar. Retirar a carne e na mesma gordura refogar a cebola e o alho até amolecer. Juntar o vinagre e assim que começar a borbulhar adicionar a chouriça, mexendo até começar a largar cor.

Juntar as sementes de funcho e a carne, tempar de sal e juntar o tomate e o pimento.

Deixar frigir um pouco e regar com o vinho.

Pré aquecer o forno a 140º

Quando o estufado retomar a fervura, passá-lo para um tabulero de forno, tapar com papel de alumínio e colocar no forno durante 2 horas. Passado esse tempo, destapar e deixar ficar mais 30´.

Para o crumble: 

Saltear as migalhas de pão ( ralo na Bimby, mas pode ser ralado em qualquer triturador) num pouco de azeite quente, juntar o limão e a salsa e envolver Servir a carne bem quente polvilhada com o crumble.

Maos à obra.


Receita baseada no blog Tachos de Ensaio

publicado por Maria às 18:22
02
Out
12

Roti de Porc au Lait,  convenhamos que e um nome muito mais chique para o prato que hoje trago  e e, de facto, o nome que consta no menu do restaurante" Les Halles" propriedade do famoso apresentador do programa televisivo "No Reservations".

Trata-se, como ja devem ter percebido de Anthony Bourdain's que tem um livro publicado com receitas que serve no seu restaurante e ao qual fui buscar esta que vos trago hoje.

E uma forma diferente de confeccionar e apresentar o lombo de porco, ficando um molho leve, aveludado e que combina na perfeicao com o sabor da carne de porco.

Espero que gostem. Ca em casa ja fiz varias vezes.

O que preparar:

  1. 1 lombo de porco com cerca de 1,5Kg;
  2. 1 alho frances ( so a parte branca);
  3. 1 cebola;
  4. 1 dente da alho;
  5. 1 cenoura;
  6. 2 colheres de sopa de azeite;
  7. 1 colher de sopa de manteiga;
  8. 1 colher de sopa de farinha de trigo;
  9. 450ml de leite;
  10. 1 molho de ervas aromaticas a gosto ( pode fazer com salsa, folha de loureiro e estragao, por exemplo);
  11. sal e pimenta a gosto.

Como preparar:

Temperar o lombo de porco com sal e pimenta. Levar uma cacarola ao lume com o azeite e a manteiga. Quando estes estiverem derretidos, selar o lombo em todos os lados retirando-o depois para uma travessa. Na mesma gordura, deitar a cebola picada, o alho frances cortado em fatias finas, o alho bem picado e a cenoura descascada e picada. Deixar caramelizar durante cerca de 5' tendo o cuidado de nao deixar queimar mexendo, para isso, frequentemente. Deitar seguidamente a colher de farinha, mexer e deixar cozer por cerca de 2' continuando com o cuidado de nao deixar queimar ou "pegar" ao fundo da cacarola. Deitar o leite em fio e o ramo de ervas aromaticas. Dixar ferver, durante cerca de 10' e deitar sobre este molho a carne juntamente com todos os sucos que se formaram na travessa onde esteve depositada.

Deixar cozer durante cerca de 1 hora, virando a carne de vez em quando e jogando com o lume de molde ao molho nao queimar ( o leite presta-se a isso). Quando a carne estiver cozinhada, retira-la para um prato de servir e aguardar cerca de 15' ate a cortar em fatias. Este tempo de repouso e para a carne conservar os sucos interiores.

Quanto ao molho, descartar o ramo de ervas e triturar o molho com uma varinha magica ou um outro triturador qualquer.

Verter este molho sobre a carne.

Maos a obra.

publicado por Maria às 08:00
22
Jul
12

Hoje trago uma receita que tanto pode servir de prato principal como de acompanhamento ou mesmo como entrada. Cá em casa, tive de fazer como acompanhamento de uns lombinhos de porco grelhados pois os meus comilões não se contentariam, somente, com a salada. De qualquer forma, elogiaram esta magnífica receita que fui buscar à Susana ( Gasparzinha).

Agora, vou dizer como fiz:

O que preparei:

  1. 2 colheres de sopa de manteiga;
  2. 2 colheres de sopa de azeite;
  3. ½ bolbo de funcho picado;
  4. 150g de rabanetes cortados em rodelas;
  5. 500g de ervilhas tortas;
  6. ½  chávena de sumo de laranja ( cerca de 120ml);
  7. 1 colher de sopa de rama de funcho;
  8. Sal e pimenta a gosto;
  9. 1 requeijão.

Como preparei:

Aqueci a manteiga e azeite na wok e adicionei o funcho picado e deixei cozinhar cerca de 5’. Juntei os rabanetes e espere mais 2’. Adicionei então as ervilhas tortas e cozinhei em lume vivo durante cerca de 4’. Adicionei o sumo de laranja, a rama de funcho picada, temperei com sal e pimenta moída na hora e deixei cozinhar em lume brando cerca de 10’, estando atenta para não deixar amolecer os rabanetes e as ervilhas (devem ficar crocantes).

Salpicar com o requeijão esfarelado e servir.

Como disse acima, acompanhou lombinhos de porco fatiados, grelhados na chapa e temperados com sal, limão e manteiga amolecida com alho ralado.

Mãos à obra.

publicado por Maria às 08:00
11
Mai
12

Esta carne assada com maçãs é muito fácil de preparar e é deliciosa. Apesar de,  com calor que já se faz sentir não apetecer muito ligar o forno, tem a vantagem de se preparar quase sózinha. E o resultado é surpreendente.

O que preparar:

 

  1. 1 kg de carne de porco  para assar ( lombo, perna ou pá) – usei lombo;
  2. 1,5dl de vinho branco;
  3. 40g de banha;
  4. 30g de margarina;
  5. 4 maçãs;
  6. Sal, pimenta, mostarda e colorau a gosto.

 

Como preparar:

 

Molhar a carne com um pouco de vinho branco e temperar de sal, pimenta e um pouco de colorau. Colocar num tabuleiro, barrar com banha e levar a assar em forno médio (160ºC), regando de vez em quando com a gordura que se vai formando. Quando estiver quase assada, cerca de 1 hora depois, retirar cerca de 2/3 da gordura e juntar a margarina partida em pedaços. Tirar os caroços das maçãs com um instrumento próprio ou com a ponta de uma faca, e colocá-las em volta da carne. Levar novamente a assar borrifando, de vez em quando, com o vinho branco restante.

 

Quando as maçãs estiverem macias mas ainda inteiras, retirar o tabuleiro do forno e barrar a carne com um pouco de mostarda. Deixar a carne “descansar” cerca de 10’ e parti-la em fatias finas, servindo-a acompanhada com maçã, arroz branco e regada com o molho.

 

Mãos à obra.

 

publicado por Maria às 08:00
26
Abr
12

As costeletas de porco prestam-se a variadas receitas. Já trouxe aqui algumas mas não queria preterir esta forma de cozinhar pois, além de fácil, é muito saborosa. Mais uma, para os meninos que protestam, deixarem de ter razão para tal.

 

O que preparar:

 

  1. 4 costeletas de porco;
  2. 1 colher de chá de massa de pimentão ou, em alternativa, colorau;
  3. 2 dentes de alho;
  4. 1 cebola grande;
  5. 1 folha de loureiro;
  6. 1 tomate maduro, mas firme;
  7. 1 ramo de salsa;
  8. 2 dl de vinho branco;
  9. 1 colher se sopa de azeite;
  10. Sal e pimenta a gosto;
  11. Margarina para untar a caçarola.

 

Como preparar:

 

Temperar a costeletas com vinho branco, sal, pimenta e o pimentãomoido ou colorau. Deixar assim pelo menos ½ hora.

 

Untar uma caçarola com margarina e deitar os dentes de alho picados, a folha de loureiro e metade da cebola, cortada em rodelas. Colocar por cima as costeletas. Sobre as costeletas deitar a restante cebola cortada em rodelas, o ramo de salsa, o tomate lavado e cortado em rodelas, a marinada das costeletas, o azeite, e tapar. Levar a cozer em lume brando durante cerca de 45’ O tempo de cozedura depende da dureza da carne. Se, enquanto cozer, o líquido diminuir muito, acrescentar um pouquinho de água.

 

Servir quente, polvilhado de salsa picada e acompanhado de arroz branco, puré de batata ou mesmo, batata cozida.

 

Mãos à obra.

 

E aqui deixo um cheirinho a Primavera que teima em não vir!

publicado por Maria às 08:00
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
últ. comentários
pois ! No meu tempo (43/51, chumbei um ano), bat...
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
Top blogs de receitas
blogs SAPO