Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
06
Jan
12

Hoje trago um “prato” completo pois, é a combinação de sabores que aqui proponho  que tornam esta receita deliciosa.

 

 O que preparar:

 

  1. 4 costeletas de porco cortadas finamente;
  2. Mistura de pão ralado em casa com raspa de limão e uma erva aromática è escolha;
  3. 1 limão;
  4. Sal a gosto;
  5. 2 tomates pequenos e firmes;
  6. 2 maçãs;
  7. 1 colher de margarina;
  8. 1 chávena de arroz e o dobro em água;
  9. 1 cebola pequena;
  10. 1 dente de alho;
  11. 0,5 dl de azeite;
  12. 1 molhinho pequeno de grelos que podem ser congelados;
  13. 0,5 dl de óleo e 2 colheres de margarina para fritar as costeletas.

 

 Como preparar:

 

 Temperar as costeletas com sal, pimenta e com o sumo do limão. Reservar para tomarem gosto, cerca de 1 hora.

 

Triturar pão duro com uma casquinha de limão e uma erva aromática a gosto. Reservar.

 

Picar a cebola juntamente com o alho e levar a refogar no azeite. Colocar neste refogado os tomates e ir virando com cuidado de molde a estes ficarem cozinhados mas sem se desmancharem. Juntar ao refogado os grelos. Quando a pele dos tomates começar a sair, retirá-los do tacho e reservar em lugar quente. Nessa altura os grelos também deverão estar amolecidos e meio cozinhados pelo que se deve deitar a chávena de arroz e deixar fritar um pouco. Deitar as 2 chávenas de água, mexer, temperar com sal e deixar ferver 2’. Ao fim deste tempo, mexer novamente, baixar o lume e tapar o tacho, contando 8’ até desligar o lume. O arroz e tomates estão prontos.

 

Colocar numa frigideira o óleo e margarina, deixar aquecer bem, e fritar as costeletas que devem ser passadas previamente por farinha, oco ou claras batidas e pelo pão ralado preparado anteriormente.

 

Em simultâneo, deitar uma colher de margarina numa frigideira pequena e fritar as maçãs que foram descascadas e partidas em cubos. Borrifar com uma gotas de sumo de limão, para a maçã não oxidar e tomar a cor escura.

 

Quando as costeletas estiverem fritas e com uma crosta crocante, empratar, juntamente com o arroz de grelos, a maçã frita em margarina e um tomate. Delicioso…

 

 

 

Mãos à obra.

 

publicado por Maria às 08:00
05
Nov
11

 

Mais uma receita da Nigella Lawson muito rápida e fácil de preparar. È mesmo daquelas comidinhas que se pode fazer quando se chega a casa depois de um dia muito cansativo, com muita fome e sem vontade nenhuma de estar na cozinha muito tempo.

 

O que preparar: ( para 2 doses)


1.       2 costeletas de porco ( eu compro do lombo);

2.       1 copo de cidra ( na falta desta pode-se usar cerveja);

3.       1 colher de chá de mostarda com sementes ( há da marca Savora);

4.       1 colher de sopa de azeite;

5.       Sal que baste;

6.       1 frasco de feijão branco;

7.       1 colher de sopa de azeite ( ou talvez um pouco mais, se necessário);

8.       1 dente de alho picado;

9.       Raspa de ½ limão;

10.   100ml de natas;

11.   Coentro a gosto.

 

 Como preparar:

 

Deitar numa frigideira a 1ª colher de azeite e fritar as costeletas temperadas com umas pedrinhas de sal. Deixar fritar cerca de 5” de cada lado.

À parte, numa pequena frigideira ou tachinho, deitar 1 copo de cidra, ou cerveja, levar ao lume e qd estiver a ferver, deitar a colher de mostarda. Mexer ligeiramente para esta se dissolver e deitar de seguida os 100ml de natas. Mexer, e está pronto o molho.

Regar as costeletas com este molho.

Enquanto a carne grelha, pode-se fazer o puré de feijão:

Deitar a 2ª colher de azeite num tacho, deitar por cima a raspa do limão e o alho e, de seguida, deitar o feijão, previamente escorrido. Deixar o feijão desfazer-se com a ajuda de uma colher de pau. Pode-se deitar mais um fio de azeite se o feijão estiver muito seco.

Acompanhar as costeletas com este puré salpicado de coentros.

 

Mãos à obra.

 

publicado por Maria às 19:17
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
últ. comentários
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
De facto cavala e sarda não são o mesmo peixe, as ...
Top blogs de receitas
blogs SAPO