Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
subscrever feeds
16
Nov
11

 

Hoje é peixinho. Poooois, isso mesmo, peixinho. Quando é bem confeccionado é tão bom…

Experimentem fazer desta forma.  Tenho a certeza que vai ser um êxito.

A receita do molho foi retirada e adaptada de uma receita do Chefe Silva ( uma vez mais…).

 

O que preparar: ( para 4 doses)


1.       750g de filetes de peixe ( eu usei congelados);

2.       30g de margarina;

3.       1 cebola pequena;

4.       1,5 dl de vinho branco;

5.       2 dl de água;

6.       Sal a gosto.

 

É ainda necessário o molho de caril que indicarei aqui, bem como de arroz manteiga para acompanhar.

 

Como preparar:

 

Descongelar os filetes cortá-los no tamanho desejado e temperar de sal. Deitar depois a cebola em rodelas num tacho largo, juntamente com a margarina e os filetes espalhados uns ao lado dos outros. Regá-los com vinho branco e água, tapar o tacho e levar a cozer e lume moderado. Logo que cozidos ( + - 10”) tirá-los do lume e mantê-los quentes até ao momento de servir.

 

Agora vamos fazer o molho de caril:

 

O que preparar:

 

1.       80 g de margarina;

2.       1 dente de alho;

3.       1 cebola pequena;

4.       1 bom tomate maduro ou 2 colheres de polpa de tomate;

5.       1 colher de farinha de trigo;

6.       1 colher bem cheia de caril em pó;

7.       1,5 dl de leite de coco ( pode ser caseiro – ver como fazer em Concelhos e Indicações);

8.       1,5 dl de caldo de cozer os filetes ou água;

9.       Sal a gosto.

 

Como preparar:

 

Refogar a cebola e o alho picados com a margarina, até começar a alourar. Juntar a farinha e o caril, mexer bem e juntar depois o tomate picado ( ou polpa) e o leite de coco. Deixar ferver, mexendo sempre, e juntar depois o caldo ou água. Deixar depois ferver cerca de 20”. Rectificar de sal.

Este molho é muito saboroso e estimulante, ideal para aproveitamentos de carnes ou peixes, normalmente acompanhados com arroz.

Frango desfiado é óptimo servido com este molho. Restos de carne de cozido, cortados em tirinhas, são também excelentes com este molho. O mesmo para o peixe cozido que sobra de uma refeição.

Mas hoje, vamos servir este molho por cima dos filetes que preparámos e acompanhar com arroz de manteiga. E para dar um toque - 2 fatias de abacate.

Excelente, acreditem.

 

Mãos à obra.

tags: ,
publicado por Maria às 19:01
21
Out
11

 

Filetinhos da Mamã

Hoje é dia de peixinho. Não torçam o nariz. O peixe, quando bem confeccionado, é um prato muito agradável.

Vamos então preparar:

 

O que preparar:

Para os filetes:

  1. 1 embalagem de filetes de peixe;
  2. 1 limão;
  3. 1 dente de alho;
  4. Sal a gosto;
  5. 1 ovo;
  6. 4 colheres de sopa de farinha ( ou mais, se for necessário);
  7. Óleo para fritar;

 

Para o acompanhamento:

 

  1. 1 banana ( meia por pessoa)
  2. 2 batatas médias;
  3. 2 cenouras médias;
  4. 2 ovos cozidos;
  5. 1 chávena de ervilhas;
  6. 3 colheres de sopa de maionese. 

Como preparar:

 

Se os filetes forem congelados, deve-se deixar descongelar para depois temperar. Cortar os filetes de molde a ficarem com cerca de 6 a 7cm de comprimentos. Temperá-los com sal, alho cortado em fatias fininhas, e o sumo do limão. Deixar assim pelo menos 1 hora.

Preparar um prato com a farinha e outro com o ovo batido.

Colocar o óleo numa frigideira e deixá-lo aquecer; quando este estiver quente, passar um a um os filetes por farinha, por ovo, e fritá-los no óleo. Ir jogando com a intensidade do lume para ficarem lourinhos, mas fritos. Quando estiverem todos fritos, regá-los com umas gotas de limão.

À parte, cozer em água temperada com sal os ovos, as ervilhas, as batatas e as cenouras, estas duas últimas cortadas em cubos pequeninos. Coze em cerca de 10”. Quando estiverem cozidos, escorrer a água e deixar arrefecer para envolver na maionese.

Finalmente, no mesmo óleo em que foram fritos os filetes, fritar a banana, previamente descascada e cortada em 2, até ficar lourinha ( demora cerca de 1” de cada lado).

Empratar e está pronto a servir.

Mãos à obra.

tags: ,
publicado por Maria às 18:20
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
últ. comentários
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
De facto cavala e sarda não são o mesmo peixe, as ...
Top blogs de receitas
blogs SAPO