Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
subscrever feeds
Posts mais comentados
16
Mar
13

Contrariamente à esmagadora maioria das pessoas, não sou muito apreciadora de bolo de iogurte pois sempre o achei “desconsolado”, falando à boa maneira madeirense da minha querida avó.

Por isso, quando vi a receita desta quinzena do “Doire às Sextas” desinteressei-me.

Mas, como costumo fazer um bolinho para o lanche dos Sábados, e tinha Marmelade de laranja cuja receita está aqui, pus mãos à obra, até porque li opiniões bastantes entusiásticas de outras Dories, acerca do resultado.

É um bolo muito fácil e bastante saboroso. Mesmo apropriado para um  five  o´clock  tea, num dia chuvoso como o de hoje.

O que preparar:

Bolo

 140g de farinha de trigo

50g de farinha de amêndoa - usei de avelã, pois era o que tinha na despensa.

2 colheres (chá) de fermento em pó

1 pitada de sal

200g de açúcar - usei 170g e acho que é a medida ideal.

raspas da casca de 1 limão

1 iogurte natural

3 ovos grandes

½ colher (chá) de extracto de baunilha

120ml de óleo - usei óleo de amendoim

 

Cobertura

 ½ chávena de compota de laranja

1 colher (chá) de água

 

Como preparar: 

Pré-aquecer o forno a 180°C. Untar generosamente com manteiga uma forma de bolo inglês de 21x11xcm.

Na batedeira, misturar a farinha de trigo, a farinha de amêndoa, o fermento e o sal. Noutra tigela, juntar o açúcar e as raspas de limão, esfregando os ingredientes com as pontas dos dedos até o açúcar ficar perfumado.

Juntar o iogurte, os ovos e a baunilha e bater vigorosamente com o batedor de arame até obter uma mistura homogénea. Junte os ingredientes secos. Agora, com uma espátula de silicone, incorporar o óleo.

Transferir para a forma e levar ao forno até que o bolo cresça, doure e comece a soltar-se da forma, aproximadamente 50 minutos.

Arrefece sobre uma grade por 5 minutos antes de desenformar. Deixar arrefecer completamente.

 

Calda: juntar a compota de laranja e a água num tacho e levar a lume médio, mexendo, até derreter. Pincelar a calda ainda quente sobre o bolo. Deixar arrefecer antes de servir.

Mãos à obra.

 

publicado por Maria às 14:43
04
Nov
12

Sou do tempo em que os iogurtes eram tao espessos que pareciam ter gesso na sua composicao e tao amargos que nao podiamos deixar de esbocar uma careta a cada colherada.

 

Os copinhos eram de vidro com uma tampa de aluminio onde o nome do fabricante estava impresso em letras pequeninas e se repetiam vezes sem conta onde houvesse espaco para a impressao.

 

Um pouco mais tarde, a Ucal colocou no mercado uns iogurtes com sabores a chocolate e laranja, numa embalagem inovadora, num material esponjoso fazendo lembrar a esferovite, onde vinha acoplada uma colherzinha de plastico.

 

Num espaco comercial ao lado da entrada do predio onde a minha avo paterna morava, funcionava uma leitaria ( espaco fresco e muito asseado, onde eram comercilizados produtos lacteos, nomeadamente, iogurtes), lembro-me de me  deleitar com os ditos iogurtes, com destaque para o de laranja. Eram deliciosos...

 

Hoje em dia, sinceramente, perco-me nos espacos de venda destinados a venda de iogurtes. Ha iogurtes de todos os sabores, consistencias e para as deficiencias de saude.

 

Ha os iogurtes que fazem bem a tensao arterial, que ajudam as imunidades, que baixam o colestrol, que ajudam a flora intestinal, etc, etc, etc. Sinto-me numa parafarmacia!

 

Ha iogurtes liquidos, solidos, com pedacos, sem pedacos, com cereais, de cabra, de ovelha, de soja, eu sei la...

 

E ainda ha iogurtes de morango, pessego, coco, limao, framboesa, banana, e de todas as mais frutas e sabores que se possa imaginar.

 

Muito mais haveria a dizer do corredor dos iogurtes mas eu que, simplesmente, quero encontrar um iogurte natural sem acucar, sinto-me perdida e irritada pois, nao consigo ou tenho muita dificuldade em encontrar um simples exemplar, daqueles a saber mesmo a iogurte, sem ter forma e consistencia de pudim, sem estar "carregado de acucar" e sem intencoes de interferir no meu metabolismo.

 

Faco pois os meus iogurtes em casa e, apos varias experiencias, consegui reproduzir quase fielmente o anteriormente referido iogurte de laranja. E o favorito ca em casa, habituados que estamos a come-los sem acucar, mesmo que naturais sejam.


O que preparar:

  1. 800ml de leite meio gordo;
  2. casca de 1 laranja ( so vidrado);
  3. 2 colheres de sopa de leite em po ( uso Nido);
  4. 1 colher de sopa de leite condensado;
  5. 1 iogurte natural ( consigo comprar no Lidl)

Como preparar:

Bimby:

Verter no copo o leite com as cascas da laranja e levar a uma temperatura de 90C, 9', veloc. 2.

Deixar arrefecer o leite a 50C ( se nao tiver termometro, verifique com se suporta meter o dedo do liquido. Tem de estar quente mas conseguir meter o dedo).

Nesta altura, coar o leite por forma a retirar as cascas de laranja. Juntar o leite em po, o leite condensado e o iogurte natural e misturar 30'', veloc. 3, sem temperatura.

Verter para os copinhos da iogurteira e deixar em estufa cerca de 10 horas. Eu deixo durante a noite.

Colocar as tampinhas nos frascos e levar ao frigorifico ate atingirem a temperatura desejada.

 

Metodo da panela - tradicional:

Levar o leite e as cascas de laranja ao lume e, com este no minimo, deixar ferver o leite durante 7'. Deixar arrefecer a 50C, usar o truque do dedo se nao tiver termometro, e coar o leite. Misturar os restantes ingredientes, leite em po, leite condensado e iogurte natural e mexer bem com uma vara de arames.

Verter para os copinhos da iogurteira e deixar em estufa cerca de 10 horas. Eu deixo durante a noite.

Colocar as tampinhas nos frascos e levar ao frigorifico ate atingirem a temperatura desejada.


Nota final - Para quem aprecia iogurtes doces, podera juntar 1 a 2 colheres de sopa de acucar mascavado, na altura em que junta o leite em po e os restantes ingredientes. E minha opiniao que o leite condensado corta muito a acidez do iogurte, nao sendo necessario a adicao de mais acucares. Porem, para quem gostar, pode feze-lo.

Se em vez de cascas de laranja se adicionar cascas de limao, ficam, igualmente, muito saborosos.

Maos a obra.

publicado por Maria às 17:53
09
Out
12

Marmelada de banana, bananada de goiaba. Goiabada de marmelo. Sítio do Pica-Pau amareloSítio do Pica-Pau amarelo


O que preparar:

  1. 750g de laranjas muito doces;
  2. 1,5l de agua;
  3. 1,5 Kg de acucar;
  4. sumo de 1/2 limao.

Como preparar:

Lavar bem as laranjas, corta-las em 1/4 de luas e em fatias muito finas. Deitar numa taca, cobrir com a agua e deixar macerar durante 8 horas.

Passado esse tempo, deitar o preparado numa cacarola e levar ao lume a ferver ate as cascas estarem quase moles. Juntar nessa altura o acucar e o sumo do 1/2 limao.

Deixar ferver lentamente durante pelo menos 1,5h. Ao fim deste tempo, para testar a consistencia do doce, deitar um pouco num pratinho, deixar arrefecer e passar o dedo no meio. Se frmar "estrada" esta pronto. Caso contrario, deixar ferver mais um pouco ate obter a consistencia desejada.  Quando isso acontecer, retirar do lume e, com o doce ainda quente, verte-lo para frascos devidamente esterilizados. tapa-los e vira-los ao contrario, com a tampa para baixo e deixar nesta posicao ate o doce arrefecer. Desta forma formara vacuo o que ajudara a conservar o doce durante mais tempo sem necessitar de frio.

Este doce e muito saboroso e tanto se pode usar em pao torrado, brioches, scones  ou em recheios de bolos e tortas.

Maos a obra.


publicado por Maria às 08:00
22
Mai
12

Adoro o Verão. O Verão com os seus dias quentes, luminosos e muito compridos. A vida, no Verão, parece-me mais fácil, o mundo parece-me sorrir. Adoro ir para o campo na companhia de pessoas que gosto e fazer um pic nic.

 

E é isso mesmo que vou fazer no dia 5 de Junho na companhia da Manuela e tantas outras meninas que estão a preparar a sua lancheira para irmos todas festejar o 1º aniversário do blog  Cravo e Canela. Não se atrasem pois a festa vai ser grande e a Manuela não prescindirá da vossa companhia.

 

Estou mesmo entusiasmada e já preparei o que vou levar. Estes cubos a que quis chamar quadrados, o meu fifi diz que são cubos!

 

 Bem, quadrados ou cubos, querem dar uma espreitadela?

 

O que preparar:

 

  1. 5 ovos;
  2. 250g de açúcar;
  3. 250g de manteiga sem sal;
  4. 250g de farinha com fermento;
  5. Raspa e sumo de 1 laranja;

 

Para a cobertura:

 

  1. 200g de açúcar;
  2. 50g de sumo de laranja.( 1 laranja grande e sumarenta).

 

Como preparar:

 

Bater o açúcar com a manteiga até se obter um creme esbranquiçado. Adicionar as gemas, uma a uma, batendo sempre. Juntar o sumo e raspa da laranja, mexendo bem. Adicionar a farinha em chuva e, por fim, envolver as claras que foram batidas em castelo.

 

Deitar o preparado numa forma rectangular, untada com manteiga e polvilhada com farinha. Levar ao forno pré aquecido a 160ºC durante 20’.

 

Entretanto, preparar a cobertura: num copo misturador, triturar o açúcar com o sumo de laranja. Quando se tirar o bolo do forno, e ainda quente, cobri-lo com a cobertura com a ajuda de uma espátula.

 

Depois de arrefecido, cortar o bolo em quadrados, ficando com cubos. Pode-se comer só assim ou, se for servido em prato, pode-se acompanhar com gomos de laranja partidos finamente.

 

Não se assustem com a quantidade de manteiga. Bem sei que é uma quantidade generosa mas o bolo não fica a saber a manteiga ficando muito macio, húmido e com um sabor delicioso a laranja.

 

Mãos à obra.

 

 

 

Adaptei de uma receita do Chef José Avillez.

publicado por Maria às 08:00
01
Nov
11

 

Bolinhos :). Fáceis e rápidos de confeccionar :):)

Bora fazê-los?

 

O que preparar:

1.       125g de açúcar;

2.       150g de farinha;

3.       1 colher de chá de fermento em pó;

4.       ½ laranja ( raspa e sumo);

5.       3 ovos;

6.       6 colheres de sopa de leite;

7.       150g de manteiga;

8.1 colher de brande ou rum.

 Como preparar:

 Deitar numa vasilha larga a farinha, o açúcar, o fermento em pó e a raspa de laranja; misturar tudo muito bem. Abrir no centro uma cavidade e deitar nela os ovos. Mexer muito bem com a mão ou colher de pau e juntar em seguida o leite meio quente, e por fim, a manteiga derretida, o sumo da ½ laranja e o brande. Bater bem a massa com a colher de pau e deixá-la descansar durante 30”.

Colocar forminhas de papel frisadas dentro das formas para queques e, verter para dentro de cada uma um pouco de massa. Enchê-las só até meio.

Colocar as forminhas num tabuleiro que foi previamente aquecido no forno, pois o facto daquele estar quente ajuda os queques a crescerem.

Levar a cozer em forno bastante quente ( 200ºC) cerca de 15 a 20”.

Estes são queques de latanja por levarem raspa e sumo da mesma. Podem ser feitos com limão.

Esta receita dá para 12 queques grandes ou 18 pequenos, do tamanho dos da foto.

 

Mãos à obra.

 

 



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Maria às 16:19
Contador
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
últ. comentários
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
maravilha
maravilha
De facto cavala e sarda não são o mesmo peixe, as ...
Top blogs de receitas
blogs SAPO