Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Novembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
01
Nov
13

  

 


 

O ruibarbo é semelhante ao aipo, com talo longo e folhas finas no final. O talo, que no caso do ruibarbo é rosa, é a principal parte do alimento. 
Em alguns países, como no Reino Unido, o ruibarbo é consumido como fruta, e não como vegetal. A maioria das receitas feitas com ruibarbo sao doces. Apesar do gosto desagradavel quando cru, resulta num doce maravilhoso quando cozinhado. 
Com ruibarbo faz-se, entre muitas outras coisas, uma sobremesa tipicamente britânica, o crumble, que é uma tarte de duas camadas. A parte de baixo é composta por frutas (morangos, cerejas, maçã ou ruibarbo, por exemplo); Cobre-se, com massa esfarelada de manteiga, açúcar demerara e farinha e leva-se ao forno para dourar. O "crumble de ruibarbo" é excelente. A camada inferior da fruta fica com um sabor agridoce e a cobertura e crocante fundindo-se na boca ambas as texturas, na perfeicao. E excelente  quando acompanhada com sorvete de baunilha, creme custard ou iogurte de ruibarbo e frutos vermelhos. 
O tema do Dia Um... Na Cozinha pedia-nos um crumble com frutas da epoca. Como por esta terra que me acolheu o ruibarbo e considerado um fruto, e estamos no tempo dele, aproveitei a deixa e fiz esta sobremesa tao tipicamente britanica com um fruto que muito por aqui abunda. Espero que gostem.
O que preparar:
  1. 400g de talos de ruibarbo;
  2. sumo de 1/2 limao;
  3. 3 colheres bem cheias de acucar branco;
  4.  200g de iogurte natural;
  5. 150g de acucar demerara;
  6. 200g de farinha de trigo;
  7. 50g de aveia em flocos;
  8. 100g de manteiga sem sal.
Como preparar:
Partem-se os talos de ruibarbo em pedacos com cerca de 2cm. Colocam-se num tabuleiro de forno juntamente com o sumo de limao, as 3 colheres de acucar branco e o iogurte natural. Mistura-se bem ( pode ser com as maos) e leva-se ao forno a 180 C ate a fruta comecar a desfazer-se e os ingredientes ficarem fundidos, o que leva cerca de 30 minutos. Retirar o forno e deixar arrefecer um pouco.
Entretanto, colocar numa taca a farinha, a aveia, o acucar e a manteiga gelada e partida em pedacinhos pequenos. Com as maos fechadas e numa posicao em que os polegares fiquem virados para cima, ir desfazendo a manteiga e misturando com os restantes ingredientes, friccionando os polegares contra os indicadores, estando estes fletidos. Portanto, apanha-se os ingredientes dentro das maos e deixa-se sair entre os polegares e indicadores fazendo frixao entre estes dois. Fazer esta accao e ate se obter uma especie de massa areada e grosseira.
Colocar esta "areia" por cima da fruta em compota e levar ao forno mais 30 minutos ate ficar com um aspecto dourado.
Servir morno e acompanhado com iogurte de ruibarbo, por exemplo.
Maos a obra

 

 

publicado por Maria às 09:00
De Lina a 3 de Novembro de 2013 às 08:58
Ora aqui está um crumble diferente! Ruibarbo não é fácil de encontrar pelas nossas bandas...Nunca provei,  mas acredito que seja bem bom...
Beijinhos
De Sofia a 3 de Novembro de 2013 às 16:23
Ora aqui está um crumble deveras delicioso.
Nunca provei ruibarbo mas deixou-me com imensa vontade de provar esta maravilha. Já me estou a babar :)

Beijinhos
Sofia
http://www.paladarescompanhia.blogspot.pt/
De Isabel Patrício a 3 de Novembro de 2013 às 16:41
Olá Maria, 
para mim, este crumble é original, porque nunca provei nem vi à venda.
A cor do riubarbo é de facto linda e deixa adivinhar um sabor fantástico.
Já vi várias receitas com ele, sempre tive curiosidade e gostava de usar.
Adorei a tua presença neste dia um, já sentia a falta de ver as tuas delícias.
Parabéns pela participação
Bjns
Isabel
 
De Ginja a 3 de Novembro de 2013 às 22:15
Olá Maria!
Hoje que estou num computador diferente, tentei vir comentar e acho que consigo!
Espero que estejas bem, tu e a tua familia, e que estejas a gostar da tua nova morada.
Sim, por aí reina o ruibarbo! Eu adoro junto com morangos ou framboesas em compotas ou crumbles e bolos, fica diferente e delicioso. Ainda tenho um restinho congelado para usar numa compota ou numa sobremesa! Com saudades deixo um abraço, como essa sobremesa de conforto!
Um beijinho.
De Doces em Casa a 4 de Novembro de 2013 às 10:25
Maria,


Ainda bem que não tens uma família esquisitóide, pois que se eu dissesse à minha que tinha uma sobremesa de ruibarbo para eles, logo se retraíam só de ouvir a palavra. Mas olha, fico encantada só de olhar para o ruibarbo simples. Acho que sou meia maluca.
O crumble deve ser delicioso com essa fruta que faz contraste perfeito com o doce do açúcar e o crocante da cobertura. Só queria que me visses no escritório a fazer a mímica dos passos que descreves na receita sobre a preparação do crumble.


Beijinho,
Aida
De Pipas a 4 de Novembro de 2013 às 22:37
Meu doce fiquei super curiosa.
Nunca experimentei mas já tinha ouvido falar. 
Deve ter ficado mesmo delicioso.
Um beijo muito docinho
De Gabriela Bruno a 7 de Novembro de 2013 às 15:19
Que delícia. Uma pena que por aqui quase não se encontre ruibarbo, ando há tempos a querer experimentar em sobremesas.
:))

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Novembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
últ. comentários
No Amarelo do Colégio Militar as Batatas Fritas sã...
 No Amarelo do Colégio Militar as Batatas Fri...
Minha avó, que cresceu em Mogadouro, muitas vezes ...
pois ! No meu tempo (43/51, chumbei um ano), bat...
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
blogs SAPO