Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
19
20
26
27
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
07
Mai
12

Já aqui havia trazido uma receita de Salsichas com Couve Lombardo que tem sido a receita que faço desde que cozinho. Porém, ao ler esta que hoje trago apresentada pelo Chef José Avillez, decidi experimentar e foi opinião unânime cá em casa que são mais saborosas que as “minhas” salsichas. Portanto, venho partilhá-la convosco pois as coisas boas são mesmo para isso; para partilhar. Espero que gostem.

 

O que preparar:

 

  1. 8 salsichas frescas de boa qualidade;
  2. 8 folhas de couve lombarda;
  3. 1 cebola;
  4. 1 cenoura;
  5. 1 folha de loureiro;
  6. 2 dentes de alho picados;
  7. 2 colheres de sopa de molho de soja;
  8. 1 dl de vinho branco;
  9. 1 dl de azeite;
  10. 40g de margarina;
  11. Sal e pimenta a gosto.

 

Como preparar:

 

Num tacho largo, derreter a manteiga juntamente com o azeite. Alourar as salsichas nesta gordura e depois de alouradas, retirá-las para um tabuleiro ou prato. Escorrer metade da gordura do tacho onde fritaram as salsichas.

 

Aproveitando a restante gordura, levar ao lume novamente e deitar os dentes de alho e cebolas picados, a cenoura em rodelas e envolver bem deixando caramelizar sem deixar, porém, que os alhos se queimem.

 

Acrescentar a folha de loureiro e o molho de soja e refrescar com o vinho branco. Deixar evaporar o vinho e juntar água até cobrir. Deixar cozer até a cenoura estar bem tenra.

 

Entretanto, escaldar as folhas de couve em água fervente, temperada de sal, durante 2’. Retirar as folhas e mergulhá-las em água fria para travar o processo de cozedura.

 

Enrolar cada salsicha numa folha de couve. Retirar a folha de loureiro do preparado já cozido e, com uma varinha mágica, triturar o preparado de cebola e cenoura. Se necessário, acrescentar um pouco de água pois a consistência deverá ser de molho e não de sopa, não devendo pró isso ser muito espesso.

 

Num tacho, alinhas as salsichas enroladas na couve e, se possível, numa camada única.

 

Passar o preparado triturado por um passador de rede, corrigir os temperos com sal e pimenta e deitar por cima das salsichas. Levar a cozer em lume brando, cerca de 10’.

 

As salsichas estão prontas a serem servidas. Pode-se cortar em pedaços e acompanhar com arroz branco.

 

Mãos à obra.

 

publicado por Maria às 08:00
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
19
20
26
27
31
últ. comentários
No Amarelo do Colégio Militar as Batatas Fritas sã...
 No Amarelo do Colégio Militar as Batatas Fri...
Minha avó, que cresceu em Mogadouro, muitas vezes ...
pois ! No meu tempo (43/51, chumbei um ano), bat...
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
O que é maca?
Um correcçãoNão consigo recordar o ano mas seguram...
blogs SAPO