Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
15
19
20
21
22
23
24
26
27
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
12
Fev
13
Terça feira de Carnaval, tempo chuvoso e ceu agoirento, decidi fazer esta tarte que há muito estava à espera da sua vez de estrelato. E foi, de facto, a estrela do nosso Carnaval entre um filme de matiné e uma chávena de chá fumegante sentados no sofá com a mantinha de lã nos joelhos. É da simplicidade que cada vez mais gosto. Acho que estou a ficar velha...
O que preparar:
Para a massa:
  1. 125g de farinha de trigo;
  2. 60g de banha de porco;
  3. 40g de manteiga;
  4. algumas gotas de sumo de limão e uma pitada de sal.

Na bancada deitar a farinha em monte, abrir um buraco no centro e colocar aí as gosrduras ( banha e manteiga). Começar a misturar a farinha do centro para a periferia e no final, juntar as gotas de limão e o sal. Amassar até ficar uma massa firme. Caso seja necessário, e só em caso disso, adicionar 1 ou 2 colheres de sopa de água gelada. Colocar numa taça, tapar com um pano e deixar repousar 1/2 hora.

Para o Recheio:

  1. 130g de grão de bico previamente cozido e arrefecido;
  2. 300g de açúcar;
  3. 4 gemas;
  4. 2 ovos inteiros;
  5. raspa do vidrado da casca de 1 limão;
  6. 40g de manteiga derretida;
  7. açúcar refinado para polvilhar.
Como preparar:

Triturar o grão de molde a que resulte numa farinha. Juntar com o açucar e a raspa de limão e misturar bem. Juntar as gemas, mexendo sempre e, quando estas acabarem, juntar os ovos. Juntar finalmente a manteiga e misturar tudo muito bem com uma colher de pau.

 

Forrar uma forma de tarte e de fundo amovível com a massa. É um trabalho que requer um pouco de paciência pois ter-se-á de moldá-la com os dedos e forrar a forma. É essencialemnte um trabalho manual.

Deitar o recheio até cerca de 2/3 da altura da massa. Levao ao forno moderado ( cerca de 180ºC) durante cerca de 45´. Aos 40´, abrir o forno com cuidado e polvilhar a tarte com o açúcar refinado, fechando novamente o forno por mais 5´.

Retirar do forno e esperar que arrefeca um pouco para desenformar.

A massa fica areada e o recehio muito cremoso. Escandalosamente deliciosa!

Mãos à obra.

 

publicado por Maria às 19:58
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
15
19
20
21
22
23
24
26
27
últ. comentários
Agradeço a receita mas tem algo de errado. Nunca p...
Olá a todos. As batatas são efectivamente às rodel...
Minha senhora D. Ana, lamento desaponta-la,mas alb...
Albardar sardinhas ou outro alimento, pressupõe um...
eu adoro esta receita porque com os ingredientes p...
nossa que receita maravilhosa Amei seu blog BJO? (...
I wanted to thank you for this excellent read<a...
No Amarelo do Colégio Militar as Batatas Fritas sã...
 No Amarelo do Colégio Militar as Batatas Fri...
Minha avó, que cresceu em Mogadouro, muitas vezes ...
blogs SAPO