Bem vindos à Oficina das Papitas. Este meu projecto, tem como principal objectivo ajudar os meus filhos que já não vivem comigo, mas que têm de cozinhar para si próprios. Espero assim poder ajudá-los. Tentarei fazê-lo com muito amor.
Julho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
16
17
18
20
22
23
25
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
11
Jul
13
Aproveitando a fruta de época e já começando a pensar nos mimos de Natal, trago fruta para casa a contar com compotas e licores. Desta vez trouxe ameixas docinhas, docinhas, pequeninas e acabadas de apanhar da árvore.  Dão para comer, uma atrás da outra; para doce não dão pois passaria séculos a retirar-lhe o caroço; para licor, são as ideais. E já estão a macerar há 1 mês. Já se bebe bem mas, como me aconselhou a Moira quando me ensinou a fazer licores, quanto mais prolongada for a maceração, melhor é o licor. Segundo ela, 1 ano é o tempo ideal. Julgo que no Natal estará já bastante bom.
O que preparar:
  1. 8 ameixas pequeninas e maduras;
  2. 0,5l de aguardente caseira ou de boa qualidade;
  3. 400g de açúcar;
  4. 1 pau de canela;
  5. 2 estrelas de aniz.
Como preparar:

Lavar bem as ameixas e colocálas no fundo de um frasco largo. Cobri-las com o açúcar e juntar o pau de canela e as estrelas de aniz. Tapar o frasco e esperar 1 semana, agitando o frasco de vez em quando. Ao fim deste tempo, deitar a aguardente, mexer com uma colher de pau e voltar a tapar o frasco. Como disse em cima, o meu já está assim há 1 mês e á se bebe muito bem. Porém, vou esperar pacientemente mais algum tempo pois certamente obterei melhores resultados.

Mãos à obra.

tags:
publicado por Maria às 19:43
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Julho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
16
17
18
20
22
23
25
27
28
29
30
31
últ. comentários
eu adoro esta receita porque com os ingredientes p...
nossa que receita maravilhosa Amei seu blog BJO? (...
I wanted to thank you for this excellent read<a...
No Amarelo do Colégio Militar as Batatas Fritas sã...
 No Amarelo do Colégio Militar as Batatas Fri...
Minha avó, que cresceu em Mogadouro, muitas vezes ...
pois ! No meu tempo (43/51, chumbei um ano), bat...
Ficou lindo, foi a minha inspiração para o almoço ...
Parece impossível a sra classificar como peixe da ...
è um prato da minha infância, de que guardo record...
blogs SAPO